A trajetória de Sofia Cavedon

As escolhas que construíram a história de Sofia 

Sofia faz a política sem abandonar os compromissos e marcas de sua trajetória 

A professora: 

Foto Francielle Caetano/CMPA
Sofia saiu de Veranópolis em 1982, sua terra natal, formada professora e foi para a Capital para fazer Educação Física na UFRGS onde faz pós-graduação. Morou na casa de estudante da São Manoel e através de estágios e concursos encaminha sua vida profissional. Conquista vaga de professora no prestigiado Colégio Sévigné e já em 1985 entra por concurso na Escola Ildo Meneghetti da rede municipal de ensino de Porto Alegre.

Aprende a construir coletivamente uma educação engajada e transformadora no processo da escola cidadã e descobre sua vontade de lutar pela educação de qualidade para todas e todos também a partir do trabalho nas escolas estaduais América e Fagundes de Melo, da regência de classe, da alfabetização à Presidência de Centro de Professores, da atuação na Educação Infantil à Educação Física, do privado ao público.

A Sindicalista

Foto Marta Resing
A liderança da Sofia amplia sua influência na atuação na Associação dos Trabalhadores da Educação de Porto Alegre. Construiu laços de trabalho, resistências e conquistas junto com os trabalhadores em Educação da capital e como Vice-presidente do Simpa luta com o conjunto dos Municipários e deixa marcas importantes como a conquista do vale-refeição para gestantes, direitos dos celetistas, bimestralidade, eleição de chefias e na saúde do trabalhador.

A gestora: firme, criativa, democrática

Foto Arquivo PMPA
Quando assume frentes de trabalho Sofia mostra que sabe realizar o que defende: Foi adjunta e titular da Secretária Municipal da Educação na Segunda e Terceira gestão da Administração Popular de Porto Alegre, quando ganhou experiência de gestora, na construção e execução do projeto Escola Cidadã; presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude por três vezes; e presidente da Câmara de Porto Alegre em 2011, onde desenvolveu a gestão “Transformando Leis em Direitos”, baixando nas comunidades, subindo nos ônibus, circulando nas escolas, movimentando a cultura popular.

Sofia Cavedon também foi prefeita da capital por 13 dias e marcou com a presença ativa junto aos problemas da cidade e aos movimentos por direitos

A vereadora: combativa, propositiva, presente


Foto Ederson Nunes/CMPA 
É resultado desta trajetória coletiva o primeiro mandato de vereadora em 2000. Atuando há 13 anos na capital, com mandatos compromissados com o interesse público, pelo direito à Educação e à Cultura, por uma cidade sustentável, pelo empoderamento popular, de construção da cidadania, e de luta contra a violência à mulher, Sofia Cavedon, vereadora mais votada do Partido dos Trabalhadores da capital nas duas últimas eleições, está em seu quarto mandato e foi presidenta da Câmara Municipal de Porto Alegre.

O desenvolvimento ambiental sustentável, o transporte coletivo de qualidade, passe livre para estudantes, a formação qualificada de professores/as, a defesa da Universidade Estadual/UERGS e da TVE e FM Cultura, da expansão dos Institutos Federais de Educação, o combate à corrupção e a ação permanente junto aos movimentos sociais e sindicais pelos direitos do/as trabalhadoras, dos espaços públicos para a cultura, a economia solidária são marcas de seus mandatos.

A petista:

Foto Mario Pepo
Construtora e dirigente do Partido dos Trabalhadores, Sofia coordena a Setorial Estadual de Educação e integra o Diretório Estadual do PT.









Conheça mais a Sofia Cavedon: