quarta-feira, 8 de novembro de 2017

A greve e a economia da cidade - Por Sofia Cavedon

Artigo publicado na edição desta quara-feira, 08, do Jornal do Comércio.

Esta gestão municipal faz mal à cidade, não somente pelos prejuízos diretos à população ao provocar e menosprezar uma greve tão longa e forte, mas também por ampliar a crise econômica em Porto Alegre.  

Ao parcelar salários, sem repor as perdas da inflação - sem ter comprovado que esta medida era incontornável, pois inspeção especial se instala no TC e a justiça aplica multas por isso – retira em especial do comércio e dos  serviços, massa significativa de investimentos. Mais de vinte mil famílias estão inseguras e não realizam nem planejam gastos desde maio deste ano.  Estudos realizados pelo economista Cristiano Ghinis  com base na matriz insumo-produto  da FEE, dizem que o  impacto será muito maior se aprovados os projetos que tramitam na Câmara que tiram regime de trabalho e ganhos na carreira do funcionalismo, chegando a ponto de causar desemprego nesses setores.

A mobilização da categoria municipária denuncia que o governo insiste em abrir para a iniciativa privada um órgão que investe permanentemente em obras e serviços na cidade com recursos próprios e que tem capacidade de captação sem abrir mão da gestão e da receita da tarifa, como é reconhecidamente o DMAE. Aliás, decisões de governo atrasaram irresponsavelmente inúmeras contratações fundamentais para a garantia de água no verão. Podia ser pior? A cidade deixou ter esse investimento no desenvolvimento econômico e ainda terá impactos negativos na sua condição de vida – isso com dinheiro em caixa!

Projeto que quer impor medidas como essas, de uma forma autoritária, arrogante e perversa - pois penaliza especialmente os servidores que atendem a população mais pobre com as políticas públicas apoio-  não pode prosperar. Esse é o recado da greve e da população que vem apoiando por compreender o seu sentido: que as políticas públicas e escolhas de gestão sejam  promotoras de desenvolvimento e resultado da participação democrática da população e não que concorram para piorar a vida na cidade!

Sofia Cavedon é Vereadora e Líder do PT na Câmara de Porto Alegre.