sábado, 31 de maio de 2014

Bancada do PT lança a campanha: Não deixe a Carris morrer

Ato de lançamento será nesta terça-feira (03/6) na esquina democrática, às 12h30min.

Foto Emerson Dorneles
Ao longo dos últimos anos, estamos assistindo a um verdadeiro processo de sucateamento da Companhia Carris Porto-alegrense, o que vem a ser um autêntico desastre para a comunidade, usuários de ônibus e população da cidade.

Outrora orgulho dos cidadãos e considerada Companhia modelo em todo o país, a Carris acumula prejuízos, dívidas e multas, numa gestão administrativa que corrói as suas finanças, com vários casos de suspeita de corrupção, que rebaixam os serviços prestados.

A população hoje assiste a ônibus estacionados nas garagens, atrasos nas linhas, demissões injustificadas de trabalhadores, prédios inacabados, quadro insuficiente de funcionários e ameaça de perdas de linhas (como é o caso das tradicionais Auxiliadora e Rio Branco). Afora isso, após expressivos investimentos do governo federal e da prefeitura em infraestrutura e corredores de ônibus, os BRTs, que são sinônimos de modernidade e significam a solução futura para o transporte coletivo, serão entregues de mãos beijadas à iniciativa privada. O investimento global na melhoria dos corredores de ônibus, que inclui também os das avenidas Bento Gonçalves e João Pessoa, é de R$55,8 milhões, dos quais R$ 53 milhões provêm de Programas de Mobilidade Urbana do Governo Federal. Os restantes 2,8 milhões são contrapartida da prefeitura.

A Carris precisa de gestão eficiente. Não é possível, como está previsto no controvertido edital do transporte público, lançado recentemente pela Prefeitura, que ela diminua sua participação no sistema de 22% para 20,8%. A Carris, que já transportou várias gerações, é nossa e precisa ser reestruturada, a fim de poder prestar o atendimento que a comunidade merece.

Participe: 

Terça-feira (03/6) lançamento da campanha Não deixe a Carris morrer na esquina democrática, às 12h30min.

No dia 03 de julho haverá a Quinta temática, na Câmara de Vereadores, às 15 horas ,oportunidade em que será discutida a situação da Carris e como viabilizá-la (com a presença de convidados e ex-presidentes da Carris).

Como participar da campanha: 
 Envie e-mail para Bancada do PT Câmara Municipal de Porto Alegre: bancadapt@camarapoa.rs.gov.br
 Denuncie qualquer tipo de irregularidade para o Ministério Público: (51) 3295.1000
 Ligue para 156 ou 118 e registre suas queixas ou sugestões de melhorias
 Fale conosco Carris: (51) 3289.2100
 SACC: 0800.979985 ( Telefones fixos) , (51) 3315.5444 ( Ligações de telefones celulares).

Veja também:
Vereadores petistas requerem junto ao TCE suspensão de Edital do transporte coletivo

Debate "A Riqueza Desmistificada" com Antonio David Cattani

Na terça-feira (03/6), às 18h30min, na sede do PT/PoA (Av. João Pessoa, 785), o professor Antonio David Cattani, um dos maiores intelectuais de esquerda do Brasil, falará sobre "A Riqueza Desmistificada", um debate sobre a concentração de recursos na mão de poucos. Participe!

Futebol também é coisa de mulher

Seminário estadual debateu a ampliação da presença feminina no mais popular dos esportes 

Foto Moizés Vasconcellos/ DP  
A vereadora Sofia Cavedon, do PT da capital, participou na noite desta sexta-feira (30/5), do Seminário Estadual A Mulher no Futebol, promovido pelo vereador Ivan Duarte (PT), presidente da Comissão de Esportes da Câmara Municipal de Pelotas.

Sofia compôs a mesa que falou sobre a inserção da mulher no futebol, que destacou a prioridade da CBF para o masculino e a estrutura cultural e econômica machista que discrimina a participação feminina e não permite avançar.

Confira alguns trechos da manifestação de Sofia no Seminário.

- Historicamente, mulheres e homens têm sido educados de forma diferentes. A educação diferenciada dá bola e caminhãozinho para os meninos e boneca e fogãozinho para as meninas, exige formas diferentes de vestir, conta estórias em que os papéis dos personagens homens e mulheres são sempre muito diferentes. Educados assim, meninas e meninos adquirem características e atribuições correspondentes aquelas consideradas papéis femininos e masculinos.

Imagem Web
- Futebol sempre foi um jogo direcionado ao público masculino, por exigir uma grande força física. Mas atualmente, muitas as mulheres já estão quebrando este tabu de que futebol é só para homem, e hoje existe Campeonato Mundial de Futebol Feminino. O futebol praticado pelas mulheres no Brasil conquista espaço. Tivemos em 2013, a Copa Libertadores de Futebol Feminino, em Foz do Iguaçu. A Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2014 foi a oitava edição da competição de futebol feminino organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Temos uma Seleção Brasileira - no caso, a Feminina Sub-17 e temos ainda, uma mulher como técnica, Emily Lima.

- Ao mesmo tempo que contamos isto com um grande orgulho, ainda são muito fortes os preconceitos que cercam a prática desse esporte pelas mulheres. Não queremos dizer que não existe machismo e preconceito contra as mulheres em todas as modalidades esportivas. Mas no futebol pode se mostrar ainda mais difícil para as mulheres. Pode parecer paradoxal porque, revolvendo a crônica do futebol no Brasil e no mundo, se encontra o pé feminino ainda no século 19. Por que, então, esse véu tão duradouro sobre as mulheres e a bola?

- O futebol feminino tem todo o apoio do atual governo brasileiro, por meio da SPM - Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, e dos ministérios do Esporte e da Educação. Esses órgãos empenham-se na elaboração e fortalecimento de políticas públicas que, em conjunto com pulsões saudáveis e lúdicos da sociedade, permitam que o futebol seja de fato o grande campo simbólico no qual a alma brasileira se livre das travas patriarcais para vibrar numa imensa "ola" de cidadania plena.

Imagem Web
Michael Jackson 

Entre os participantes, destacou-se a experiente ex-jogadora de seleção. Michael Jackson, um dos nomes mais conhecidos entre as jogadoras da seleção brasileira de futebol feminino, e atualmente coordenadora do geral de futebol feminino do Ministério dos Esportes, participou da abertura do evento debatendo o tema com o treinador do time feminino do Esporte Clube Pelotas, Marcos Planela.

Segundo a jogadora, "não perdemos pelo talento, mas pela falta de incentivo e a desorganização. E, mesmo assim, temos mais de oito milhões de meninas jogando e milhares de times que nem são registrados."

Foto Divulgação Gabinete
No Seminário, Sofia Cavedon com Silvana Vilodre Goellner, professora e pesquisadora da UFRGS, e suas orientandas, que fazem uma profunda reflexão sobre a Copa e o futebol feminino, desacomodando os preconceitos e o senso comum conservador.

Com informações do Portal da Câmara Municipal de Pelotas.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Mostra de Artes Cênicas e Música tem 14 selecionados

O Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre divulgou, nesta sexta-feira (30/5), o resultado da seleção para a I Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, espaço cultural situado no Legislativo da Capital.

Principal articuladora da proposta, Sofia Cavedon (PT-PoA) destaca que o evento será com recursos orçamentários próprios da Câmara Municipal. “No final de 2012, durante a votação do Orçamento Municipal para 2014 apresentei a emenda, aprovada em plenário, destinando R$ 120 mil dos recursos próprios da Câmara para o fomento ao uso do Teatro Glênio Peres".

Foram escolhidos 14 projetos entre os 120 que tiveram as inscrições homologadas, nas modalidades de Música, Dança, Teatro e Circo. Outros 13 projetos ficaram na suplência.

MÚSICA 
Titulares: Nei Lisboa Trio  /  Alemão Ronaldo – Rock, Amor e Outras Coisas Imaginárias  /  Orquestra Villa-Lobos  /  Gabriel Gonzales e Grupo;
Suplentes: Magra do Bonfa – A Ópera do Bom Fim  /  Capitão Rodrigo  /  Influência, com Marcello  /  Caminha e Banda /  O Pulo do Gato - Milongajazz.
Foto Alexandre Böer

DANÇA 
Titulares: Fusão  /  Tão Longe, Tão Perto, Tão Perto, Tão...  /  Desdobramentos  /  Polaroides Made In Dança
Suplentes: Abobrinhas Recheadas - O Jogo  /  Samba de Ponta   /  Tóin – Dança para Bebês.

TEATRO ADULTO E INFANTIL 
Titulares: O Monstro de Olhos Verdes – Ou Por Quem Morrem as Pombas?  /  Sobre Anjos e Grilos – O Universo de Mario Quintana  /  Teresa e o Aquário – Cia Espaço em Branco, 10 anos  /  Maldito Coração, Me Alegra que Tu Sofras
Suplentes: Borboletas de Sol de Asas Magoadas  /  Pequenas Violências Silenciosas e Cotidianas  /  Um Verdadeiro Cowboy  /  Opereta Pé de Pilão

CIRCO
Titulares:  Etc... - Circo Híbrido  /  Espetáculo Mistureba
Suplentes: Inércias   /  Homem do Gato no Teatro

Os projetos inscritos foram julgados pela seguinte comissão: Dilmar Antonio Messias (Teatro), Gilson Petrillo (Conselho Municipal de Cultura), Jorge André Brittes (Música), José Aloísio Prediger (indicado pela Presidência da Câmara) e Prof. Rony Leal (Dança). Os jurados destacaram a importância da Mostra como atividade de fomento das artes. Enfatizaram a dificuldade de escolha dos selecionados devido à alta qualidade dos projetos inscritos. Na seleção, eles levaram em conta os seguintes critérios: 1) qualidade artística; 2) viabilidade de execução; 3) histórico e currículo.

Conforme o edital e cronograma da Mostra, publicado no site www.camarapoa.rs.gov.br, o calendário de apresentações será divulgado em 1º de julho, e o evento aberto no dia 4 do mesmo mês.

Informações: (51) 3220-4187 ou 3220-4318, com Cláudia Inácio, coordenadora do Memorial da Câmara.

Veja também: 
Mostra de Artes Cênicas e Música na Câmara de Porto Alegre

Vereadores petistas requerem junto ao TCE suspensão de Edital do transporte coletivo

Na próxima terça-feira (03/6)a Bancada do PT de Porto Alegre lança a campanha Não deixe a Carris morrer. O ato será na esquina democrática, às 12h30min. Saiba mais...

Foto Ederson Nunes/CMPA 
A Bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), da Câmara Municipal de Porto Alegre entrou nesta sexta-feira (30/5), com representação no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e com uma notificação junto a Prefeitura, em virtude de possíveis irregularidades e ilegalidades no Edital de Concorrência Pública Nº 1/2014, publicado em 28 de março deste ano.

O documento público de licitação tem como finalidade a seleção de empresa ou consórcio de empresas para a prestação e exploração do serviço de transporte coletivo por ônibus do município de Porto Alegre

Na avaliação dos integrantes da Bancada do PT, deverá ficar suspenso o certame de modo que seu teor de caráter público e licitatório corresponda aos interesses e necessidades da população porto-alegrense que utiliza o transporte público em suas rotinas de trabalhos, estudos e lazer.

Os legisladores petistas entendem que as graves irregularidades e ilegalidades que compõe o presente Edital apresentam risco eminente de dano aos cofres e as contas públicas lesando de maneira indireta o cidadão usuário do transporte público.

Neste sentido, a Bancada do PT se posiciona favorável ao processo licitatório, mas requer ao TCE, medida cautelar para que o Poder Executivo se abstenha de dar prosseguimento a presente licitação até a devida regularização dos pontos ilegais. Tendo em vista os indícios de direcionamento da licitação; da restrição do caráter competitivo do certame; da inobservância de dispositivos legais da Lei 8.666/93 e da Lei 12.587/2012; da impossibilidade jurídica de licitar as Bacias conjuntamente com as BRT´s, sem garantias prévias contratuais mínimas de rodagem e previsão de demanda de forma a observar a seleção da proposta mais vantajosa e o equilíbrio econômico do contrato; da criação de subsídio público sem expressa previsão legal e orçamentária; e do descumprimento de decisão emanada do próprio Tribunal de Contas do Estado.

Importante destacar a população porto-alegrense que esta prevista a abertura dos envelopes de habilitação da concorrência pública, para o próximo dia 03 de junho às 10 horas, na Rua João Neves da Fontoura, nº 07, Auditório, Bairro Azenha em Porto Alegre.

Veja também:

IFRS em Esteio – Visita a possível local para câmpus avançado

Foto Marta Resing
As tratativas para a instalação em Esteio de um câmpus avançado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) começaram a evoluir no encontro realizado na manhã desta sexta-feira (30/5), no município.

Foto Marta Resing
Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital empenhada na expansão do IFRS no estado, e o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do Instituto, Osvaldo Casares Pinto, conheceram um possível local para a implantação do campus avançado, apresentado pelo presidente da Câmara Municipal de Esteio, vereador Leo Dahmer, pela secretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Bernadete Konzen, e pelo prefeito do município, Gilmar Rinaldi.

Foto Marta Resing
O local, o antigo Seminário Claretiano, hoje de propriedade da prefeitura Municipal, tem 11 mil m2 de extensão e conta com prédios desocupados que precisam ser recuperados. A atual gestão do governo municipal vem restaurando um dos prédios, hoje considerados patrimônio histórico e cultural de Esteio. Sofia lembra que este é o terceiro encontro que trata sobre a proposta, que deverá ser apresentada ao MEC, após o Executivo e o Legislativo Municipal, desenvolverem o projeto, que deverá contar com uma minuta ainda em junho.

Expansão do IFRS

Foto Marta Resing
Sofia tem atuado no incentivo a expansão da instituição para o interior do RS (Veranópolis), Litoral Norte (Torres), Região Metropolitana (Esteio) e acompanhado as instalações do câmpus Restinga em Porto Alegre, também tem articulado a implantação do curso de Tecnólogo em Segurança Pública para a Brigada Militar. Ela destaca que, a expansão só tem ocorrido, porque os governos de Lula e de Dilma Rousseff promoveram em suas gestões a ampliação dos Institutos Federais.

Veja também: 
- Tecnólogo em Segurança para a BM no IFRS
- Veranópolis: projeto autoriza a doação de imóvel para instalação do Instituto Federal
- Jogos inauguram Quadra Poliesportiva do IFRS - Câmpus Restinga

Sofia visita curso do Pronatec em Esteio

Foto Marta Resing
A vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA) visitou na manhã desta sexta-feira (30/5), a turma do curso de Cabeleireira(o) do Pronatec - Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – realizado no Centro de Formação Teresa Verzeri, em Esteio.

Acompanhada pelo presidente da Câmara de Vereadores do município, Leo Dahmer; da coordenadora do Senac, Márcia Machado Ferreira, e da presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Esteio (Comdim), Janaina Santos, Sofia alegrou-se com o entusiasmo da turma, que já tem projetos para o futuro. 

Foto Marta Resing
A parlamentar também ficou de contribuir na busca da expansão de mais cursos do Pronatec para Esteio e municípios vizinhos, que, conforme Márcia Ferreira demandam mais de cinco mil vagas, tendo disponibilizadas um total de 1.500.

Divulgado o regulamento do 20º Salão de Artes

Foto Nathália Garcia 
O regulamento do 20º Salão de Artes Plásticas Câmara Municipal de Porto Alegre foi publicado nesta sexta-feira (30/5) no site do Legislativo da Capital.

As inscrições serão recebidas de 9 de junho a 24 de julho na Seção de Memorial. Poderão inscrever-se artistas plásticos gaúchos ou residentes no Rio Grande do Sul há cinco anos ou mais, com obras contemporâneas não anteriores a dois anos e sem premiações em salões. O vencedor da edição 2014 receberá o Prêmio Aquisição de R$ 7 mil. Também haverá cinco Prêmios de Incentivo à Criatividade, no valor de R$ 1 mil cada.

Cada artista poderá inscrever-se em até duas modalidades (pintura, desenho, gravura, fotografia, escultura, cerâmica, objeto, arte digital, entre outras), devendo apresentar, obrigatoriamente, três trabalhos, todos de uma mesma categoria, exceto nas modalidades instalação, performance e vídeo-arte. Para cada modalidade, deverá ser feita uma inscrição individual.

O 20º Salão terá abertura oficial em 2 de setembro, às 19 horas, no Plenário Otávio Rocha, como parte das comemorações dos 241 anos da Câmara. A visitação estará aberta de 3 de setembro a 3 de outubro, com entrada franca. O evento é patrocinado pelo Legislativo da Capital.

Informações: (51) 3220-4187 e 3220-4318, com Cláudia Inácio, e no site www.camarapoa.rs.gov.br 

História 

Idealizado pelo ex-vereador e escritor Josué Guimarães, o Salão de Artes Câmara Municipal de Porto Alegre foi criado por lei municipal em 1952. Na primeira fase, encerrada em 1960, reunia apenas artistas gaúchos. Reativado em 1988 (após a ditadura militar), passou a aceitar a participação de artistas de outros Estados e países residentes no Rio Grande do Sul. Desde então, firmou-se como tradicional espaço de exibição da arte contemporânea. A última edição ocorreu em 2010.

O Regulamento 2014 tem três anexos: Anexo I (ficha de inscrição), Anexo II (Carta de Anuência), Anexo III (Autorização de Uso de Imagem).

quinta-feira, 29 de maio de 2014

30 dias de férias, 13º saláro e licença maternidade para Cooperativadas

 O projeto de lei da vereadora Sofia Cavedon (PT), dispondo sobre a existência de Fundo para a concessão aos cooperativados de repouso anual remunerado, de pelo menos 30 (trinta) dias, retirada anual adicional (13º salário) e licença-maternidade de 180 dias, sem prejuízo de nenhum direito, entrou em tramitação na Câmara Municipal de Porto Alegre nesta quinta-feira (29/5) .

Conforme a parlamentar, ainda que os trabalhadores cooperativados estejam submetidos a um regime jurídico distinto do regime jurídico dos empregados assalariados, as atividades laborais realizadas por uns e outros demandam o mesmo esforço de trabalho, sendo justo que ambas as categorias desfrutem de férias anuais de 30 dias, tal como é para os assalariados. “Menos que isso seria a precarização do trabalho e conflitaria com um dos princípios orientadores do cooperativismo”, destaca Sofia.

A vereadora, também autora da Lei nº 10.687 que permite a Prefeitura exigir que as cooperativas contratadas garantam o repouso anual remunerado de pelo menos 15 dias ao seus associados, afirma que “ainda que tenha sido um avanço, foi insuficiente frente a todos os demais direitos trabalhistas”.

Para Sofia a negação de direitos aos trabalhadores cooperativados não é mais aceitável, sendo injustificável, sob todos os aspectos, a Prefeitura de Porto Alegre aproveitar-se da precarização do trabalho para firmar contratos financeiramente vantajosos. “Cabe ao poder público o dever de criar mecanismos de reversão das vulnerabilidades sociais, não reforçá-las”, salienta.

Veja aqui o projeto de lei de Sofia.

Municipários de Porto Alegre declaram Greve

Apelo ao prefeito: corte o excesso de CCs, de Secretarias e outras medidas de redução de custos, para tratar com dignidade o conjunto dos municipários.Sofia Cavedon 

Foto Ramiro Furquim/Sul21
Greve até a Vitória” foi o grito que ecoou pelo Centro de Eventos do Parque Harmonia, em Porto Alegre, na tarde desta quinta-feira (29/5). Mais de dois mil servidores estiveram na Assembleia Geral do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) e declararam a Greve da categoria.

A partir de segunda-feira, 2 de junho, os serviços públicos da Educação, Saúde, Guarda Municipal, Água e Esgoto, Lixo, Assistência Social e Habitação vão parar de funcionar. Os municipários só voltam ao trabalho com a vitória, que prevê 20% de reajuste salarial, vale alimentação de R$ 23, valorização, isonomia salarial e serviço público de qualidade.

Foto Ramiro Furquim/Sul21
Durante a greve, haverá ocupação do Paço Municipal, em frente à prefeitura, mobilizações regionais, nas comunidades e no centro da cidade, nova Assembleia Geral e um Dia de Luta Contra o Assedio Moral que os servidores sofrem com a atual gestão. Desde o início do ano, o Simpa denuncia o caos no serviço público e a desvalorização dos trabalhadores. O estopim para a greve foi o reajuste de 2,5% parcelado, com um aumento de R$ 0,97 no vale alimentação, proposto pelo prefeito no mês de maio. Os municipários consideram a proposta desrespeitosa à classe.

A justificativa de José Fortunati para não acatar a Campanha Salarial do Simpa é de que a prefeitura está falida e não tem como investir mais nos serviços públicos. Nesta terça-feira (27), o secretário municipal da Fazenda, Roberto Bertoncini, apresentou os números do primeiro semestre de 2014. Houve um acréscimo na ordem de 3,56% da receita em relação ao mesmo período de 2013. Sinal de que a receita municipal não vai tão mal quanto alega o prefeito.

Proposta do governo

Foto Divulgação Gabinete
Uma tentativa de nova negociação aconteceu hoje, meia hora antes de iniciar a Assembleia Geral dos municipários. O governo José Fortunati encaminhou à diretoria do Simpa um documento oficial que propõe a finalização de estudos, no prazo máximo de dez dias, para alterar a atual proposta de concessão do reajuste salarial, com base no índice inflacionário do IPCA/IBGE. Além de reuniões sobre o Plano de Carreira, dia 6 de junho, e sobre o Plano de Saúde, dia 11 de junho. Desde que não houvesse Greve.

O pedido de prazo do governo foi rejeitado. Todas as falas da plenária admitiram o pedido como uma estratégia do prefeito para acabar com a forte mobilização dos servidores, já que ele nunca quis negociar com a classe até então.

Confira a agenda com as próximas mobilizações: 
- Sexta-feira, 30 de maio: Reunião de Comando de Greve no Simpa, às 17h30
- Segunda-feira, 2 de junho: Piquete nas escolas do município, às 7h
- Segunda-feira, 2 de junho: Ocupação do Paço Municipal, a partir das 10h
- Terça-feira, 3 de junho: mobilizações regionais pela manhã
- Terça-feira, 3 de junho: Ocupação do Paço Municipal, a partir das 12h
- Quarta-feira, 4 de junho: Dia de Luta Contra o Assedio Moral da Prefeitura de Porto Alegre
- Quinta-feira, 5 de junho: Assembleia Geral dos Municipários, às 14h

Fonte: Portal da Atempa.

Doenças Raras terá Audiência Pública

A Política Nacional de Atenção à Saúde em Doenças Raras foi a pauta da última reunião, realizada nesta quinta-feira (29/5), do GT de Doenças Raras de Porto Alegre, que vem debatendo a temática com o mandato da vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA).

No encontro, que debateu a da portaria 199 de 30 de janeiro de 2014 que institui a política nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Raras, aprova as Diretrizes para Atenção Integral às Pessoas com Doenças Raras no âmbito do Sistema único de Saúde (SUS) e institui incentivos financeiros de custeio, também ficaram encaminhados a realização de Audiência Pública (data a ser confirmada) e Exposição, que ocorrerá dia 02 de julho, com a artista plástica Patrícia Krug, no T Cultura da Câmara de Vereadores da capital.

Foto Marta Resing
Conforme Sofia Cavedon, a proposta de audiência pública tem como principal objetivo sensibilizar os governos do município e do estado para aderir as diretrizes da política nacional. O evento, previsto para julho, contará com a participação do Ministério da Saúde, das secretarias de Saúde do estado e capital, universidades, Grupos de Genética dos Hospitais locais, entidades e profissionais ligados a área.

Também ficou encaminhado a realização de um debate com a artista plástica Patrícia Krug e com o médico Jaime Vaz Brasil, tendo a mediação da vereadora Sofia, que também é construtora da lei que incluí um capítulo especial na Seção IV do Código Municipal de Saúde da capital (Lei Complementar 395/96), denominada “Da Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência”.

Participaram da reunião as representações da Associação dos Amigos, Parentes e Portadores de Ataxias Dominantes (AAPPAD); AFAG - Associação dos Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves; Agam Fibrose Cística; Agadin; e Conselho Regional de Nutricionistas - 2 ª Região (CRN2).

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Com Olívio ao Senado, Tarso é lançado ao Governo do Estado

Foto Andréa Graiz/Agencia RBS 
"Faço política em torno de projetos, não desavenças", diz Olívio Dutra

Além da candidatura de Olívio ao Senado, também foi lançada a candidatura do governador Tarso Genro à reeleição.

Muito aclamado ao chegar na sede do PTB, onde ocorreu o anúncio de formação da chapa no início da tarde desta quarta-feira (28/5), o ex-governador Olívio Dutra (PT), agora candidato ao Senado, evitou declarações que polarizassem a disputa entre ele e Lasier Martins (PDT).

Sempre que questionado sobre o assunto, adotou um tom moderado para evitar embates pessoais.

 – Eu não faço política personalizada, pessoalizada. Eu estou defendendo um projeto, que é colocar o Estado sob o controle público, e não sobre o controle particular ou pessoal. Eu sei que há quem pense diferente, mas que bom que possamos trocar argumentos, discutir com a comunidade, despertar a cidadania para um voto consciente. Eu faço política em torno de projetos, de ideias, e não em nome de desavenças pessoais ou discordâncias – afirmou.

Quando as perguntas sobre Lasier voltaram aos ouvidos de Olívio, ele disse que "existem outros oponentes também, estamos em uma campanha, os partidos têm o direito a apresentar as suas candidaturas e nós temos a nossa".

Foto Pedro Revillion/Sul21
Por mais de uma vez, o ex-governador reiterou que defenderá as reformas políticas, tributária, urbana e agrária. E não se esquivou de responder quando perguntado sobre os motivos que levaram os governos do PT, há 12 anos no poder em Brasília, a não fazer as mudanças estruturais citadas por ele.

– Por isso mesmo, precisamos reeleger para aperfeiçoar e aprofundar um projeto que está fazendo bem ao Brasil e ao Rio Grande, e que pode e deve fazer ainda melhor – declarou. O petista ainda agradeceu aos aliados pela costura política que permitiu o ingresso dele na chapa.

O PTB abriu mão de indicar o vice, com a garantia de mais espaços numa futura administração, e o PC do B herdou a vaga. Assim, o Senado ficou à disposição de Olívio, que sucedeu Emília Fernandes (PC do B), indicada até então para o cargo.

Na sede do PTB, além da candidatura de Olívio, também foi lançada a candidatura do governador Tarso Genro à reeleição. Abgail Pereira (PC do B), ex-secretária do Turismo, será candidata à vice-governadora. 

Fonte: Portal do ClicRBS.

Veja também:
Em aula pública na UFRGS, Olívio defende unidade por uma Reforma Política profunda - Por Marco Weissheimer

Câmara aprova PNE que vai revolucionar setor da Educação no País

Foto Salu Parente
Sob os aplausos de centenas de estudantes e representantes de sindicatos de trabalhadores na educação, que ocupavam o plenário, a Câmara aprovou nesta quarta-feira (28/5) o texto base do relatório do deputado Angelo Vanhoni (PT-PR) ao projeto de lei (PL 8035/10), do Executivo, que trata do Plano Nacional de Educação (PNE) para os próximos dez anos. Ainda falta apreciar os destaques ao texto para concluir a votação da matéria.

O deputado Angelo Vanhoni elogiou a aprovação e afirmou que ganha o Brasil e as futuras gerações. “O PNE vai promover uma revolução no processo de educação no País. Se o Brasil quer ser um país com soberania e recuperar a capacidade de realização material e espiritual de seu povo tem que ser através do conhecimento e o plano aponta para uma nova escola e um novo país”, disse.

De acordo ainda com o relator, o PNE aponta 20 metas para melhorar os índices educacionais brasileiros em uma década. Vanhoni destacou três pontos. “A meta de atingir a aplicação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação pública ao final dos 10 anos; a valorização do magistério; e a meta mais revolucionária que é a de disponibilidade da educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender pelo menos 25% dos alunos da educação básica”, explicou o petista.

O deputado Henrique Fontana (PT-RS), líder do governo em exercício, afirmou que a aprovação do PNE vai ao encontro do compromisso dos governos Lula e Dilma que, “nos últimos 11 anos ampliou os investimentos em educação”.

O Plano Nacional de Educação define 20 diretrizes para melhorar os índices educacionais brasileiros nos próximos dez anos. O PNE tem 14 artigos e 177 estratégias que visam, entre outros objetivos, erradicar o analfabetismo e universalizar o atendimento escolar.

A proposta traz como principal avanço a determinação de que o Brasil deve investir, após o décimo ano de sua vigência, 10% do PIB em educação pública. Esses recursos serão utilizados para financiar a educação infantil em creches conveniadas, a universalização da educação infantil para crianças de 4 a 5 anos, a educação especial, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o Universidade para Todos (ProUni), o Fies e o Ciência sem Fronteiras.

O PNE institui avaliações a cada dois anos para acompanhamento da implementação das metas. Essa fiscalização será feita pelo MEC, pelas comissões de Educação da Câmara e do Senado, pelo Conselho Nacional de Educação e pelo Fórum Nacional de Educação.

O texto estabelece ainda prazo de um ano, a partir da vigência da nova lei, para que estados, Distrito Federal e municípios elaborem seus planos de educação ou façam as adequações necessárias aos planos existentes para que eles fiquem de acordo com as metas do PNE. Esses documentos devem ser elaborados com a ampla participação da sociedade.

A gestão democrática das escolas também está prevista pelo PNE e deverá ser implementada até dois anos após a publicação da lei. Também está previsto no texto aprovado incentivo para as escolas que apresentarem bom desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), medido a partir de dados sobre aprovação escolar e das notas dos alunos em provas padronizadas de português e matemática.

O parecer aprovado também determina a “superação das desigualdades educacionais, com ênfase na promoção da cidadania e na erradicação de todas as formas de discriminação”.

Fonte: Portal do PT/RS.

Promulgada emenda que exige 30 segundos em sinaleiras de pedestres

Foto Leonardo Contursi/CMPA
Na tarde desta quarta-feira (28/5), o presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereador Professor Garcia (PMDB), promulgou dois dispositivos do Estatuto do Pedestre. Com a promulgação, ficam valendo duas emendas ao projeto original, de autoria do vereador Nereu D’Ávila (PDT).

Uma delas estabelece o tempo mínimo de 30 segundos para a travessia nas sinaleiras de pedestres em ruas e avenidas da Capital. A outra trata da instalação de passarelas em vias de grande fluxo ou com mais de duas faixas.

“O veto do Executivo chegou depois do prazo definido pela Lei Orgânica, o que equivale a silenciar-se. Sendo assim, cabe à Presidência desta Casa promulgar, sem qualquer julgamento de mérito”, afirmou o presidente. Segundo Garcia, os vetos chegaram no dia seguinte ao prazo, que é de 15 dias mais 48 horas.

A emenda dos 30 segundos foi proposta pela bancada do PT. “É uma surpresa. Todos os elementos indicavam o veto. Demonstra uma falta de atenção da prefeitura à questão dos pedestres. Mostra o quanto o pedestre é o renegado do trânsito. Se considerasse prioridade, o Executivo não teria perdido o prazo”, ressaltou o vereador Marcelo Sgarbossa (PT). Disse, ainda, que fará uma solicitação formal para que técnicos e a sociedade possam acompanhar a implantação dos 30 segundos nas sinaleiras de pedestres. “O próprio conselho criado pelo Estatuto poderia participar.”

O parlamentar também defendeu a proposta. “O mínimo de 30 segundos leva em conta a velocidade de pessoas idosas. O modelo atual usa o tempo de um homem adulto, privilegiando os mais fortes, e deixando desprotegidos os mais vulneráveis”.

Também presentes os vereadores do PTAlberto Kopittke e Sofia Cavedon.

Fonte: Portal da CMPA.

Veja também:
Travessia de 30 segundos é promulgada na Câmara (Matéria publicada no Jornal do Comércio)

Raul Pont é Cidadão de Porto Alegre

Foto Mario Pepo
Em sessão solene na noite desta terça-feira (27/5) a Câmara Municipal concedeu o título de Cidadão de Porto Alegre ao ex-prefeito Raul Jorge Anglada Pont. A solenidade no Plenário Otávio Rocha reuniu amigos, familiares e autoridades.

A homenagem foi proposta pela vereadora Sofia Cavedon (PT). “Vindo de Uruguaiana, a gente quase não percebe que ele não é nascido aqui, pois tem um amor incondicional por Porto Alegre”, disse Sofia, antes de fazer um breve relato do histórico de vida de Pont, que veio morar na Capital para cursar a universidade de História e jogar basquete.

“Preso pela ditadura, organizador do movimento estudantil, Raul marca Porto Alegre desde a sua chegada”. A vereadora lembrou a reformulação do Mercado Público, concluída na gestão de Pont como prefeito. “A fama de carrancudo deste homem amoroso talvez tenha a ver com a sua firmeza. Raul nunca perde o horizonte da utopia, mas é capaz de perceber e construir programas de transição”, afirmou.

Foto Mario Pepo
“Cidadão da revolução democrática, este incansável lutador brindou a nossa cidade com a sua vida. Muito obrigado, Raul Pont. Nosso Cidadão de Porto Alegre”. Quebrando o protocolo, Sofia chamou o compositor Leonardo Ribeiro, que tocou violão e cantou duas músicas em homenagem a Raul. 

Leia aqui a íntegra do discurso de Sofia - Raul Pont, cidadão de Porto Alegre!

Homenageado

Foto Mario Pepo
Pont lembrou que está há 51 anos em Porto Alegre. “Já me sentia, de fato, um porto-alegrense. Ainda que seja difícil tirar de dentro de nós os 17 anos que vivi em Uruguaiana”. O ingresso na universidade foi em 1964, ano do golpe que instaurou uma ditadura no Brasil. “Tivemos que fazer esse enfrentamento. A juventude tinha esse desafio pela frente, e se propôs a enfrentá-lo. Isso nos levou à organização política, mesmo na clandestinidade”, recordou. “A vida solidária, fraterna, em uma sociedade que cria oportunidades para todos, não é uma utopia ou um sonho que fracassou. O que fracassou foi uma experiência, como outras que a humanidade vem fazendo há muito tempo”, disse.

Prefeito de Porto Alegre, eleito em 1996 no primeiro turno, Pont também ressaltou a importância de a Capital ter sediado o Fórum Social Mundial. “Se houve razão para isso, foi porque apostamos no protagonismo das pessoas decidindo onde investir o dinheiro público. Este é o grande desafio neste momento para o País. Ainda não conseguimos convencer o nosso governo a fazer, com o mesmo sucesso, o que foi implantado aqui.”

Mesmo tendo sido eleito para quatro mandatos como deputado estadual, Pont decidiu não disputar a eleição deste ano. Em tom otimista, propôs que se aposte sempre na participação popular. “Não devemos desanimar ou buscar outras saídas mais imediatas. Nem nos rendermos à mera representação que a humanidade pratica há mais de 200 anos.” Encerrou agradecendo o apoio da esposa Liliane Froeming e da família, que se fez presente no plenário com a filha Clarissa e o neto Sebastião. “Foi em Porto Alegre onde eu consegui entrar numa faculdade, militar coletivamente e construir essas relações. Por isso, só tenho muito a agradecer a esta cidade.”

Encerramento

Foto Vicente Carcuchinski/CMPA 
O presidente da Câmara, Professor Garcia (PMDB), aproveitou para ressaltar a trajetória de Pont. “Tenho certeza de que o que foi falado aqui hoje vai ficar no acervo desta Casa. Foi um depoimento muito belo e muito rico. Em nome da cidade, queremos agradecer ao seu protagonismo”, afirmou.

Além de Garcia e Sofia, a solenidade contou com a presença dos vereadores Alberto Kopittke (PT), Guilherme Socias Villela (PP) e Marcelo Sgarbossa (PT). Também estiveram presentes o ex-governador Olívio Dutra e o ex-prefeito João Verle.

Veja aqui o álbum de fotos da homenagem.

Fonte: Portal da CMPA.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Escolas da zona Sul reclamam da falta de segurança e de professores

Foto Francielle Caetano/CMPA
Na manhã desta terça-feira (27/5), vereadores da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre estiveram na escola Vila Monte Cristo, no bairro Vila Nova, na Zona Sul da Capital. A reunião foi organizada para ouvir as demandas das escolas municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) da regiões Glória/Cruzeiro e Centro/Sul.

Os relatos foram muito semelhantes aos ouvidos nos outros três encontros da Cece com representantes dos Conselhos Escolares na Restinga, Zona Norte e Lomba do Pinheiro. Professores, alunos e pais reclamaram da falta de educadores e também de servidores da Guarda Municipal nas escolas.

Na EMEF Gilberto Jorge Gonçalves da Silva, onde estudam cerca de 270 alunos, disciplinas como Ciências e Filosofia não estão sendo ensinadas pela carência de, ao menos, cinco professores. “A Secretaria nos cobra que tenhamos aulas de música e também sobre o Holocausto, mas não é possível dar conta. Tivemos que fazer remanejamentos até que cheguem os substitutos”, informou o professor Eduardo Flores da Cunha. Segundo ele, a ausência da Guarda Municipal também gera transtornos. “Não temos guardas no horário noturno e nem nos fins de semana. Já houve arrombamento numa tarde de domingo.”

A carência de professores e de guardas também foi ressaltada por representantes das escolas Anísio Teixeira e Monte Cristo, na qual uma turma está há quase dois anos sem aulas de Música, desde que uma professora se aposentou. A coordenadora cultural da escola, Neusa Rocha, reclamou da falta de acessibilidade e pediu mais monitores. “Falam em inclusão, mas não temos mais a parceria que havia antes com psicólogos e assistentes sociais. Isso precisa ser retomado”.

Medo de atropelamento 

Foto Francielle Caetano/CMPA
Outra dificuldade relatada pela comunidade escolar da Monte Cristo, onde estudam cerca de dois mil alunos, refere-se à falta de organização do trânsito em frente à escola, que fica na rua Carlos Superti, uma via estreita e com tráfego de veículos nos dois sentidos. “A situação está caótica, especialmente quando chove. A calçada é perigosa, tem desníveis e buracos. Fora isso, temos o receio de que uma criança seja atropelada ao ter que atravessar a rua em meio aos carros. No ano passado, um carro bateu num aluno, que quebrou a perna”, contou Neusa.

Vereadores 

Sobre a falta de professores e de guardas municipais, a vice-presidente da Cece, Sofia Cavedon (PT), lembrou que a reclamação é recorrente. “Temos ouvido esse relato em várias escolas, o que mostra que há problema de gestão”. Disse também que foi pedido ao Executivo que efetuasse a contratação de 84 servidores aprovados no concurso para a Guarda Municipal. “Mesmo com toda a pressão, a Prefeitura não respondeu a essa demanda.”

O presidente João Derly (PCdoB) ressaltou que a Cece vai encaminhar um relatório com as dificuldades das escolas à Secretaria da Educação. “Também faremos uma audiência pública, ainda sem data definida. Em junho ou julho, queremos realizar um seminário sobre Educação Integral na Câmara”, afirmou o vereador.

Além dos dois vereadores, a reunião também contou com a participação de representantes da Frente Parlamentar em Defesa dos Servidores Municipais e dos Serviços Públicos de Qualidade.

Fonte: Portal da CMPA.

Veja também: 
- Escolas cobram reforço da Guarda Municipal na Lomba do Pinheiro 
- Escolas Municipais da Restinga não têm segurança e nem professores
- Falta de segurança e de professores afeta escolas na Zona Norte

Políticas para as Mulheres no café da manhã com Tarso

No café da manhã com o governador Tarso Genro e com a secretária de Políticas para as Mulheres, Ariane Leitão, realizado nesta terça-feira (27/5), foram apresentadas as políticas, ações e projetos realizados pela atual gestão.

Foto Divulgação Gabinete
Além disso, diz Sofia Cavedon, vereadora da capital presente no encontro, eles ouviram as contribuições das participantes, como a que informou: a implementação do curso de Tecnólogo em Segurança Pública para a BM, que estamos construindo junto com o IFRS e o Comando Geral da Brigada Militar.

A transversalidade em larga escala na atuação de governo pode alterar significativamente a vida delas, afirma Sofia, exemplificando com a nova formação dos praças masculinos e femininos da Brigada Militar (BM), que, com o Tecnólogo em Segurança Pública, poderá avançar na reflexão e intervenção na violência e a discriminação de gênero!

Saiba mais sobre o Curso de Tecnólogo em Segurança Pública para a BM.

Sofia Cavedon homenageia os 40 anos da Fundação Cultural Piratini

Por iniciativa da vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA) será concedida a Fundação Cultural Piratini - TVE e Rádio FM Cultura - o Troféu Câmara Municipal de Porto Alegre pela passagem dos seus 40 anos de atuação no Rio Grande do Sul. A homenagem foi aprovada na sessão plenária desta segunda-feira (26/5). 

Sofia destaca a importância histórica da Fundação Cultural Piratini, através da TVE e Rádio FM Cultura por suas ações de difusão da produção local e troca de conteúdo entre diferentes tevês e rádios públicas, que firmam o principal objetivo da instituição: promover uma comunicação democrática e que propicie o acesso à informação, educação e cultura, estimulando a reflexão crítica do seu público.

A data da sessão solene de outorga do troféu será marcada em breve.

Saiba mais sobre a Fundação Cultural Piratini - TVE e FM Cultura.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Obras escolares - Inaugurada primeira escola do PNO

Foto Cristhine Genro/Seduc-RS 
Aconteceu na tarde desta segunda-feira (26) a cerimônia de inauguração da primeira escola da Rede Estadual dentro do padrão do Plano de Necessidades de Obras (PNO), no município de Westfália (3ª Coordenadoria Regional de Educação - CRE - Estrela).

Os 115 alunos passarão a dispor de um prédio novo com 814,75 metros quadrados. O prédio, no valor de R$ 1,3 milhão, conta com salas de aula, laboratórios de ciências e informática, secretaria, sala de direção e SOE, sala de estudos do professor, biblioteca, sanitários, cozinha e refeitório. Além disso, está equipado com aparelhos de ar condicionado, torneiras com água quente, cisterna, paisagismo e ambiente wireless.

Foto Cristhine Genro/Seduc-RS 
O secretário de Estado da Educação, Jose Clovis de Azevedo, resgatou o processo de elaboração do PNO e enfatizou que o ambiente escolar deve ser apropriado para instigar a criatividade e o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes. Informou ainda que outras 130 escolas estão com os projetos contratados para posterior reorganização física. “De fato estamos vivendo um grande momento na educação, de resgate da qualidade da educação pública. Desejo a todos alunos, professores e funcionários da escola Westfália um bom trabalho e reafirmo aqui a minha fé e esperança na educação pública, porque ela é a melhoro que existe, é para todos e todas”.

O prefeito Sérgio Marasca falou da alegria em poder colaborar com a construção do espaço, através das cedência do terreno e engenheiros da prefeitura para adequação do projeto ao padrão PNO. “Quando todos trabalham juntos, quem ganha é a comunidade”.

Foto Cristhine Genro/Seduc-RS 
O diretor-geral da Secretaria de Obras Públicas (SOP), Dedo Machado, informou que o Governo do Estado já realizou 2.020 intervenções no valor de R$ 320,7 milhões. “Começamos o trabalho em 2011 em condições difíceis, com uma estrutura precária de recursos humanos na SOP. Nós conseguimos avançar e hoje estamos aqui inaugurando a primeira escola do PNO. Isso nos traz satisfação e orgulho”.

Já a diretora da escola, Nubia Diana Welp, falou que não imaginava uma obra tão grande e bonita. De acordo com a diretora, o novo espaço será uma alavanca no processo de ensino-aprendizagem dos alunos do Ensino Médio Politécnico. “Posso garantir que esse novo espaço que a partir de agora será a nossa casa, será cheio de entusiasmo para qualificar a educação dos jovens”.

Para Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital e que tem em seu mandato a educação como uma das prioridades, o novo padrão de escola que a atual gestão da Seduc implanta é de conforto, ambiente sustentável e criativo.

Prestigiaram o evento em Westfália, deputados estaduais, representantes de deputados federais e lideranças regionais e locais. 

Fonte: Portal da Seduc/RS.

Sofia visita a Expo Bassano

Foto Divulgação Gabinete
No domingo (25/5), Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital, e o deputado federal Pepe Vargas (PT), visitaram a primeira edição da Expo Bassano, em Nova Bassano (Serra gaúcha), que apresentou as potencialidades da região e também comemorou os 50 anos de emancipação política administrativa do município.

A Feira Comercial e Industrial mostrou o potencial da agroindústria e agropecuária e contou com a Exposição do Artesanato produzido no município. O público também lotou o Centro de Eventos nos shows que aconteceram durante as noites da Expo Bassano.

Foto Divulgação Gabinete
A abertura oficial do evento contou com a presença de autoridades locais e da região, e foi realizada pelo presidente da Expo Bassano, Eduardo Motta Caldieraro, pela vice-presidente, Firléia Guadagnin Radin e pelas Soberanas, Juliane Sordi, Paloma Busatto e Tamires Segalin.

A Expo Bassano 2014, que teve intensa movimentação durante os quatro dias de evento, foi promovida pela Prefeitura, Câmara Municipal e CDL, em parceria com o Governo do Estado.

É nesta terça: Raul Pont receberá título de Cidadão de Porto Alegre

Arte Mario Pepo
A sessão solene de entrega do título será no dia 27 de maio (terça-feira), às 19h, no plenário Otávio Rocha da Câmara Municipal de Porto Alegre (Av. Loureiro da Silva, 255 - Centro Histórico).

O plenário da Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, na sessão do dia 12 de maio (segunda-feira), a concessão do titulo de Cidadão de Porto Alegre ao ex-prefeito Raul Pont.

Foto Mario Pepo
O projeto é de autoria da vereadora Sofia Cavedon (PT), que justificou a homenagem a um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores no Brasil: “Tornamos de direito o que já era de fato: cidadão dedicado a Porto Alegre desde a juventude, pela liberdade e justiça e como prefeito e deputado pelo direito de todos à cidade e à cidadania, o uruguaianense Raul Pont agora é porto-alegrense”.

Nascido em Uruguaiana e com mais de 50 anos de atuação na política e formado em História pela UFRGS, atualmente Raul Pont é membro do Diretório Nacional e deputado estadual na Assembleia Legislativa, na qual integra as Comissões de Constituição e Justiça e de Finanças.

Em 1996, Pont foi eleito prefeito de Porto Alegre no primeiro turno. Foi secretário-geral e presidente do PT no Rio Grande do Sul e secretário-geral da Executiva Nacional do PT, de 2005 a 2007. Em 2002, elegeu-se para seu segundo mandato de deputado estadual, sendo o mais votado da bancada petista. Reelegeu-se em 2006 e em 2010, para o seu quarto mandato. Em 2013, tornou pública a sua decisão de não mais concorrer à Assembleia.

Foto Mario Pepo
70 anos de Raul Pont

Com a presença de Olívio Dutra, Sofia Cavedon, Flavio Koutzii, Odir Tonolier, Marcio Pochmann, Jose Clovis de Azevedo, deputados estaduais e federais e companheiras e companheiros que lotaram o Clube Espanhol, em Porto Alegre, Raul Pont comemorou os seus 70 anos de vida.

Veja mais fotos acessando aqui.

domingo, 25 de maio de 2014

Na Serra Sofia reúne-se com militantes petistas

Foto Divulgação Gabinete
Sofia Cavedon, vereadora petista da capital, reuniu-se neste domingo (25/5), em Nova Bassano, na Serra gaúcha, com militantes do PT das cidades da região.

Com a participação do deputado federal Pepe Vargas e da vereadora do município, Analice Antoniolli, o encontro debateu a conjuntura, as temáticas da área rural como acesso à moradia, e dos trabalhadores como organização sindical.
Foto Divulgação Gabinete

Em Vista Alegre do Prata, Sofia Cavedon visitou o Padre Chico, e conheceu sua história de peregrino pelo Brasil, de fé e luta e de suas ideias e ambientes transformadores e criativos.

sábado, 24 de maio de 2014

Reconstruindo reflexão e ação em Segurança no diálogo com a Educação

Foto Mario Pepo
Com o objetivo de aprofundar o debate com policiais militares sobre segurança, educação e política, Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital, e o deputado federal Pepe Vargas (PT), reuniram-se na manhã deste sábado (24/5) com militantes petistas da área.

Foto Mario Pepo
Conforme Sofia, lei sobre segurança nos eventos desobrigando a Brigada Militar da ação, articulação pelo curso de Tecnólogo em Segurança Pública no IFRS, e busca de atendimento em Educação Infantil para os filhos dos policiais militares são iniciativas que já são resultado do diálogo do seu mandato com os praças e oficiais da Brigada Militar do RS.

Para Sofia a entrada firme da educação na segurança muito importa para quem quer ver mudanças, “somos partícipes dos destinos de nossa cidade, estado e país cientes que, muda a história quem dedica um pouco de seu tempo e energia para o espaço comum - neste caminho estamos todos e todas construindo a paz”.

Jogos inauguram Quadra Poliesportiva do IFRS - Câmpus Restinga

Foto Mario Pepo
A vereadora Sofia Cavedon, vice-presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Porto Alegre, participou na manhã deste sábado (24/5), da inauguração da Quadra Poliesportiva do IFRS - Câmpus Restinga.

Foto Mario Pepo
Sofia, que tem atuado no incentivo a expansão da instituição para o interior do RS (Veranópolis) e Região Metropolitana (Esteio), além de ter articulado a implantação do curso de Tecnólogo em Segurança Pública para a Brigada Militar, destacou em sua manifestação os governos de Lula e de Dilma Roussef, que promoveram em suas gestões a ampliação dos Institutos Federais.

Foto Mario Pepo
A parlamentar também parabenizou a direção da instituição, “que travou longa luta para que o executivo municipal cumprisse com a sua parte”. A Quadra Poliesportiva foi construída pela prefeitura de Porto Alegre como uma das contrapartidas para a implantação do Câmpus Restinga.

Com informações do Portal do IFRS.