terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Em 2014, Mais amor, por favor!

Em 2013
aconteceu o impensável:

o povo foi pra rua
arrastado pela força da juventude
assustou os políticos,
o cinismo
o capitalismo.

A poesia foi pra rua
“mais amor, por favor”
“nenhuma árvore a menos”
“bicicleta: um carro a menos”
“mais amor, menos motor”

Nosso mandato  lutou bravamente
pelos direitos,
pelos pequenos
contra a especulação, a acumulação
o clientelismo.

Com a força do Movimento
tornamos Lei o direito de morar
e a preservação ambiental e cultural
do Morro Santa Tereza
colocamos as Creches no Fundeb,
apesar dos vetos do Sr prefeito!
Vetos a nossa lei que barrou o direito
a 30 dias de férias dos cooperativados!
Veto -  de novo! - a nossa lei
que garantia brinquedos adaptados
para crianças com deficiência!

Vitoriosos no direito à inscrição
como família
para casais homossexuais
obterem moradia.
Derrotados na lei que
fortalecia as livrarias
- triste dia em que a maioria
optou pela voracidade das editoras
de didáticos – de São Paulo!
Fortalecidos com a lei do artista popular
que volta a ocupar o espaço público
fomos
incomodativos,
incansáveis!
Queremos o Araújo Vianna
no interesse público
- o direito
à alegria pública!
Queremos
as contrapartidas sociais das obras,
a escola,
o verde
a pessoa
acima dos negócios!

“Achar
a porta que esqueceram de fechar.
O beco com saída.
A porta sem chave.
A vida.”
poetizou
Leminski

Se não acharmos,
a faremos,
nós mesmos
por
Nossas Escolhas!

Sofia Cavedon

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Auditório Araújo Vianna – MPC indica Medida Cautelar

Foto Marta Resing
Medida Cautelar é proposta pelo Ministério Público de Contas ao Tribunal de Contas em decorrência da concessão de uso do Auditório Araújo Vianna 

Foto Leonardo Contursi/CMPA
Tendo em vista as denúncias contra as irregularidades e o não cumprimento do contrato entre a Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre e a OPUS Assessoria e Promoções Artísticas Ltda sobre a permissão de uso do Auditório Araújo Vianna, conforme documentos entregues pela vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) ao Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul propondo uma medida cautelar ao Tribunal de Contas do Estado , através de seu Procurador Geral, Dr. Geraldo Costa Da Camino, emitida no último dia 23 de dezembro de 2013.

Segundo o texto publicado: o Ministério Público de Contas, considerando a gravidade e a relevância do tema, e tendo em conta que a coibição e a censura dos atos potencialmente lesivos aos ditames que regulam a atividade administrativa se encerram no conjunto das competências deste Tribunal, requer:

1º) com fundamento no artigo 48, inciso XIII1, do Regimento Interno do TCE e artigo 42 da Lei Orgânica do TCE2, seja determinado, em sede de medida cautelar, que o Município de Porto Alegre, por intermédio da Secretaria Municipal da Cultura:
a) Abstenha-se de efetuar qualquer pagamento a título de manutenção, conservação, limpeza, segurança interna e externa, entre outros, à Permissionária;
b) Adote as providências cabíveis em relação à Permissionária, voltadas à plena observância dos termos do ajuste firmado e em consonância com os objetivos da licitação, especialmente no sentido de
(1) impedir a utilização do Auditório Araújo Vianna para atividades expressamente vedadas ou por outras pessoas físicas ou jurídica,
(2) fiscalizar a correta utilização da nomenclatura do próprio municipal tombado pelo patrimônio histórico,
(3) compartilhar a ocupação das suas salas e
(4) observar a reserva mínima do índice de datas, incluindo-se finais de semanas, para a realização de seus eventos, dando a devida publicidade para tanto, em cumprimento dos princípios da finalidade pública e da supremacia do interesse público sobre o particular;

Foto Omar Freitas/Agencia RBS
2º) instauração de Inspeção Especial, a ser encetada no âmbito do Município de Porto Alegre, com reflexos na Secretaria Municipal da Cultura, visando à averiguação dos fatos arrolados na presente Representação, em particular, os dispositivos violados do Termo de Cessão de Uso Parcial do Auditório Araújo Vianna e o desvirtuamento do objeto da licitação levada a efeito pela municipalidade;

3º) ciência dessas deliberações e fundamentação pertinente ao Executivo Municipal de Porto Alegre, à Câmara de Vereadores do Município de Porto Alegre e à Procuradoria-Geral de Justiça. Para Sofia Cavedon esta é mais uma vitória do controle social e demonstra a importância de um órgão como o Tribunal de Contas do Estado que tem como objetivo verificar a ocorrência de irregularidades ou ilegalidades e aplicar as sanções previstas em Lei.

Leia aqui a integra da Representação nº 033/2013.

Veja também:
Ministério Público de Contas pede ajustes na administração do Araújo Vianna
Publicado no Portal do jornal Zero Hora.

Sofia Cavedon – 13 anos de mandato popular

Foto Mario Pepo
O mandato de Sofia Cavedon, vereadora do PT de Porto Alegre e que em 2013 completou 13 anos de mandato popular, teve várias conquistas no ano, entre elas a aprovação da Lei que garante o direito de morar e a preservação ambiental e cultural do Morro Santa Tereza. Vitória construída com os movimentos sociais, comunitários e ambientais.

Projetos

Atuando sempre pelos direitos, pelos pequenos, contra a especulação, a acumulação e o clientelismo, Sofia construiu Leis que farão a diferença para a cidadania da capital.

Colocou as Creches Comunitárias no Conselho Municipal do Fundeb; assegurou o direito a inscrição como família para casais homossexuais obterem moradia junto aos programas do Demhab; colocou a Feira do Livro da Zona Sul no calendário oficial da cidade; conquistou com os artistas populares o direito a se apresentarem nos espaços públicos; com uma emenda garantiu o padrão 7 para as monitoras e outra mudou o cargo de servente de laboratório do DMAE para Agente de Saneamento.

Foto Ederson Nunes/CMPA
Vetados pelo Prefeito, a parlamentar apresentou projetos de leis que ampliava para 30 dias as férias dos cooperativados; que garantia brinquedos adaptados para crianças com deficiência nas escolas situadas no município e o que fortalecia as livrarias gaúchas.

Propôs, e que tramita na Câmara, a ampliação do Vou à Escola (passe livre) para alunos do ensino técnico e superior; e a obrigatoriedade do uso de equipamentos de segurança, como o capacete, nos locais de locação ou empréstimo de bicicletas.

Reeditou o projeto Caravana das Boas Práticas Pedagógicas e reinstalou a Frente Parlamentar de Combate à Fome e à Miséria.

Ações

Foto Marta Resing
Sofia iniciou o ano apoiando a luta do movimento Ocupa Árvores junto com os ambientalistas, arquitetos, estudantes e moradores do Centro Histórico; saiu em defesa do Parque do Gasômetro e contra o aumento das passagens de ônibus. Denunciou o descumprimento do contrato do Auditório Araújo Vianna; o descaso do município com o IFRS Restinga.

Sofia defendeu o diálogo no Ocupa Câmara; apoiou a luta dos rodoviários, dos guardas municipais e das monitoras. Integrou-se às campanhas pela Reforma Política e Eleições Limpas.

Destinou recursos do Orçamento para a Cultura e constituiu GTs como o que discute um projeto de Lei que dê maior atenção ao atendimento de pessoas com Doenças Raras.

Com a Bancada do PT apresentou o projeto de lei que institui o Sistema de Gestão Pública de Transporte Urbano (gestão do Fundo Público de Transporte Urbano (FPTU), o Sistema Integrado de Bilhetagem de Transporte Urbano (SIBTU) e instrumentos de transparência e controle social).

Aulas na rede estadual em 2014 começam em 24 de fevereiro

O ano letivo na rede estadual em 2014 começa em 24 de fevereiro e tem previsão de término para 19 de dezembro. Nas redes municipais e privada o início das aulas poderá oscilar entre os dias 17 e 24 de fevereiro. O recesso escolar de inverno será entre 19 de julho e 3 de agosto.

O calendário proposto cumpre a carga horária mínima de 200 dias letivos e 800 horas de aulas no Ensino Fundamental e de 1.000 horas no Ensino Médio. Não haverá férias durante o período de realização da Copa do Mundo de futebol. Os dias de jogos do Brasil, quando será decretado feriado nacional, deverão ser recuperados pelas redes de ensino.

O Protocolo de Intenções do calendário escolar 2014 foi assinado em outubro por representantes da Assembleia Legislativa do Estado (ALRS), Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa, Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Associação de Círculos de Pais e Mestres (ACPM Federação), Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe/RS), Sindicato dos Professores do Ensino Privado do RS (Sinpro/RS), Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/RS) e Conselho Estadual de Educação (CEEd).

Copa do Mundo 

A liberação de aulas durante a Copa do Mundo está expressa no Parecer nº 21/2012 do Conselho Nacional de Educação (CNE), homologado pelo Ministério da Educação, e, também, no Parecer 270/2013 do Conselho Estadual de Educação (CEEd RS). O documento gaúcho (disponível no endereço http://www.ceed.rs.gov.br/arquivos/1366217535pare_0270.pdf), responde consulta do Sinepe RS.

Veja também:
Parecer nº 21/2012 do Conselho Nacional de Educação (CNE)

Leia a integra da matéria no Portal da Seduc/RS.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

sábado, 21 de dezembro de 2013

Parque do Gasômetro será votado em 2014

"O Projeto do Parque do Gasômetro será votado somente em março. Não havia condições de aprová-lo neste momento. Ganhamos um pouco mais de tempo para trabalhar o tema." - Sofia Cavedon

Matéria publicada no Portal do Jornal do Comércio desta sexta-feira (20/12) - Por Fernanda Nascimento

Entidades que discordam do projeto pressionaram para adiamento 

Foto Antonio Paz/JC
A votação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 20/2013, que institui o Parque do Gasômetro, foi adiada pela Câmara Municipal de Porto Alegre, quinta-feira. A decisão aconteceu após integrantes de movimentos sociais contestarem o projeto e pedirem a realização de uma audiência pública para discutir o tema. A perspectiva é de que o diálogo com a população aconteça depois do Carnaval, no início de março.

O projeto prevê que o parque terá como limites as praças Brigadeiro Sampaio, Júlio Mesquita e a área que atualmente é de propriedade da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), entre a rua Washington Luiz e a avenida João Goulart, em frente à Câmara. A matéria chegou ao Legislativo dez meses após o corte das árvores do entorno da Usina do Gasômetro, que gerou uma tensão entre a prefeitura e os movimentos ambientais. O Parque do Gasômetro estava previsto na revisão do Plano Diretor sancionada em 2010, mas a legislação específica que deveria delimitar o local em 18 meses não havia chegado ao Legislativo.

Depois de o Ministério Público ingressar com uma ação e conseguir uma liminar impedindo o corte de oito árvores previstas para retirada da praça Júlio Mesquita, o Executivo começou a negociação com a Justiça e os movimentos sociais para delimitar a área. Mas a proposta apresentada não contemplou a todos.

A principal reivindicação dos manifestantes presentes na sessão é para que no projeto conste a previsão de rebaixamento na avenida João Goulart, próximo à praça Júlio Mesquita, interligando o Parque do Gasômetro à orla do Guaíba.

Foto Ederson Nunes/CMPA
O pedido foi realizado pela vereadora Sofia Cavedon (PT), em uma das três emendas que o projeto recebeu, mas a orientação do governo municipal é de rejeitar a sugestão.

“O projeto que trata da acessibilidade do parque de forma subterrânea custa em torno de R$ 80 milhões, e o Executivo não tem estes recursos. Também existe a possibilidade de ter um parque arqueológico no local, além da questão do lençol freático. Não podemos correr o risco de aprovar algo impossível”, disse o líder do governo, Airto Ferronato (PSB).

Mas, para o integrante da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan) Cesar Cardia, a passagem subterrânea é um item imprescindível para o projeto. “Isso não é um parque, é apenas trocar os nomes das praças por parque e deixar uma via expressa no meio”, criticou.

As outras emendas também estão na pauta de reivindicação dos manifestantes e, da mesma forma, deverão ser rejeitadas pela base do governo. Uma delas é de autoria do vereador Professor Garcia (PMDB), que requer o impedimento do uso da praça Júlio Mesquita como estacionamento – ao contrário do que prevê o projeto de revitalização da Orla do Guaíba, realizado pelo arquiteto Jaime Lerner, após contratação da prefeitura. A outra proposta é de Sofia e pede a realização de concurso público para a revitalização da praça.

“O governo enxerga com simpatia as duas. Mas este projeto trata da delimitação, então por isso o indicativo de rejeição”, disse Ferronato. Para Sofia, o adiamento é a oportunidade de a população conhecer o projeto e discutir as propostas e emendas, acrescentando novas sugestões. “As emendas são centrais, todo o movimento ambientalista quer o rebaixamento, a integração das praças e o concurso. Nossa defesa é pela maior democracia”, disse a petista.

A única entidade que manifestou contrariedade com o adiamento foi o Viva Gasômetro. Para a presidente da associação, Jacqueline Sanchotene, o adiamento foi uma “derrota para a população mais pobre, que utiliza o parque”. “Ano que vem é eleitoral, tem Copa do Mundo, e isso vai se prolongar. Quem perdeu foi a população de mais baixa renda. Faz sete anos que estou nesta causa e a minha posição é de que deveríamos ter garantido o parque”, afirmou.

Fonte: Portal do Jornal do Comércio.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Dilma inaugura BR-448 e anuncia mais investimentos em rodovias no Rio Grande do Sul

Juntamente com lideranças da Região e do Partido dos Trabalhadores, Sofia Cavedon, vereadora na capital, participou do ato de inauguração da BR-448 realizado pela presidenta Dilma.


Imagem web
Ao inaugurar a BR-448, nesta sexta-feira (20), em Canoas (RS), a presidenta Dilma Rousseff anunciou outros investimentos nas rodovias que cortam o estado, como melhorias na BR-116, entre Porto Alegre e Novo Hamburgo, a segunda ponte sobre o Rio Guaíba e a assinatura da ordem de serviço para duplicação de 57,5 km da BR-290, a principal rodovia transversal do estado.

“Falo de todas essas obras para evidenciar o compromisso do governo com a mobilidade na região metropolitana de Porto Alegre, como exemplo a BR-448, mas também com o sistema rodoviário do estado do Rio Grande do Sul. Estamos fazendo investimentos nas rodovias do estado porque temos clareza da importância do Rio Grande do Sul para o desenvolvimento do Brasil e dos brasileiros”, afirmou.

 

BR-290 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e o Consórcio TB – ECB – Etel firmaram contrato para elaboração de projetos e execução de obras de duplicação e de melhorias da BR-290, no Rio Grande do Sul. As obras se referem aos lotes 2 e 4 da rodovia e totalizam R$ 302 milhões em investimentos. Com 57,5 quilômetros de extensão, esses lotes fazem parte das obras previstas para o trecho compreendido entre Eldorado do Sul e Pantano Grande com 115,7 quilômetros.

A BR-290 é a principal rodovia transversal do Rio Grande do Sul, com uma extensão total de 725 quilômetros. Inicia no município de Osório e termina na fronteira do Brasil com a Argentina, em Uruguaiana. A rodovia integra o Corredor do Mercosul, de Belo Horizonte a Buenos Aires, passando pelos importantes centros urbanos de São Paulo, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre, e é a principal ligação com Argentina, Paraguai e Chile. 

Ouça a integra do discurso de inauguração da BR-448 e anuncio de investimentos em rodovias no RS

Fonte: Blog do Planalto.

Cargo de monitor passará para Padrão 7

Foto Vicente Carcuchinski/CMPA
Mais uma vitória na última sessão do ano. Aprovamos emenda que garante aos atuais detentores do cargo de Monitor a isonomia salarial e o padrão 7.” – Sofia Cavedon 

Na sessão desta quinta-feira (19/12) da Câmara Municipal de Porto Alegre, projeto de lei do Executivo que visa a alterar a descrição do cargo de provimento efetivo de monitor foi aprovado pelos vereadores.

Foto Darlene Silveira
A descrição do cargo a ser alterada inclui os itens Identificação, Atribuições, Condições de Trabalho, Recrutamento e Lotação, constantes na letra “a” do Anexo I da Lei 6.309, de 28 de dezembro de 1988 – que estabelece o Plano de Carreira dos Funcionários Públicos da Administração Centralizada do Município.
O projeto também altera a especificação da classe de cargos de monitor no que refere ao recrutamento (nível médio) e à ascensão funcional, bem como passa a prever a convocação de trabalho em regime de plantão.

Acesse aqui o projeto de lei e a emenda de Sofia.

Com informações do Portal da CMPA.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Projeto para mudar plano cicloviário tem votação adiada para 2014

Foto Divulgação EPTC
A proposta de alteração no Plano Diretor Cicloviário de Porto Alegre será votada no ano que vem pela Câmara de Vereadores. Após polêmica entre a base do governo e a oposição na tarde desta quinta-feira (19/12), o projeto foi retirado de pauta e deverá ser analisada na volta do recesso dos parlamentares.

A discussão ocorreu por causa de um acerto anterior entre os grupos sobre a proposta. Em reunião entre lideranças, ficou acordado que a proposta não iria ser votada nesta quinta, na última sessão prevista da Casa em 2013. Como o projeto foi para votação, a oposição ameaçou discutir cada emenda dos cerca de 40 projetos que estão para análise, com o objetivo de atrasar a sessão, que pode ir no máximo até as 3h30min da madrugada.

Foto Ederson Nunes/CMPA
A intenção inicial da Prefeitura era criar um fundo cicloviário e reservar 20% da arrecadação de multas da Empresa Pública de Circulação e Trânsito (EPTC) para a construção dos locais. Mas uma emenda na proposta alterou a forma de financiamento, suspendendo a utilização de multas até 2016.

As Bancadas de Oposição - PT, PSOL e PCdoB, defenderam  a realização de uma audiência no início de 2014 para discutir o plano cicloviário e também o projeto do Parque do Gasômetro, cuja análise da matéria também foi adiada.

Fonte: Portal do jornal Correio do Povo

Prefeitura subsidiará planos de saúde para servidores

Os vereadores aprovaram, nesta quinta-feira (19/12), o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a firmar contrato com entidades de prestação de serviços de assistência médico-hospitalar e laboratorial ou operadora de plano de saúde.

O contrato de prestação de serviços abrangerá, segundo a proposta, os servidores estatutários ativos, detentores de cargos de provimento efetivo e ocupantes de cargos em comissão, inativos do Regime Próprio de Previdência do Município e seus pensionistas, celetistas, contratados temporariamente, secretários e diretores de autarquias e empresas públicas, prefeito e vice-prefeito.

Com a aprovação, o Executivo tem a responsabilidade de estabelecer, por intermédio de decreto, o regramento para subsídio limitado ao montante orçamentário a ser disponibilizado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, sendo o percentual do subsídio de 50% do valor do plano individual do titular a ser contratado. Para os serviços de assistência médico-hospitalar e laboratorial o servidor terá que aderir voluntariamente ao contrato, mediante autorização para desconto em folha de pagamento, do valor correspondente ao percentual estabelecido.

Os vereadores também apreciaram seis emendas. Aprovaram as de número 3, 4, 5 e 6, e rejeitaram as emendas 1 e 2.

Conheça aqui detalhes do Projeto.

Fonte: Portal da CMPA.

CPI da Ocupação – Requerimentos de Sofia foram desconsiderados

Foto Leonardo Contursi/CMPA
Representando a Bancada do PT na CPI da Ocupação, a vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA) questiona a necessidade da Comissão de Inquérito, que não tem objeto e é completamente parcial ao só ouvir depoimentos dos acusadores. “Meus requerimentos foram desconsiderados até agora! Aprovei que o MP, o Judiciário, os Oficiais de Justiça e as entidades que apoiaram a ocupação venham depor e nenhum foi convidado ainda.”

Mesmo assim, destaca a parlamentar, “os depoimentos comprovam o quando a ocupação foi organizada e centrada em pautas importantes para a cidade, como a do transporte público. E o quanto é desnecessária esta CPI!”

Na última sessão, realizada nesta quinta-feira (19/12), muito pouco prestigiada e sem novidades, prestou depoimento o presidente da Casa, Dr Thiago (PDT), que acusou a participação de vereadores na ocupação da Câmara.

Sofia alertou que a suspeita de que os vereadores teriam organizado a ocupação — e até mesmo as depredações — não possui nenhuma evidência. Sofia aproveitou para questionar se Thiago teve conhecimento do relatório dos oficiais de justiça que na época pediram para deixarem de realizar a desocupação pela força.

A CPI da Ocupação retorna aos trabalhos no dia 06 de fevereiro, após o recesso parlamentar.

Veja matéria no Portal do Sul21
Thiago Duarte suspeita de participação de vereadores na ocupação da Câmara

Contrapartidas e transporte público pautaram nova audiência sobre o IFRS - Restinga

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (CECE) da Câmara Municipal de Porto Alegre, presidida pela vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA), realizou nesta quarta-feira (18/12), reunião que retomou o debate acerca das contrapartidas do governo municipal e do transporte público para acesso aos órgãos de ensino da Restinga, especialmente ao Instituto Federal localizado no Loteamento Industrial.

Foto Francielle Caetano/CMPA
A audiência tratou das contrapartidas do governo municipal para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RS - IFRS - Campus Restinga, além do sério problema no transporte público, apontado pela comunidade.

Confira como estão as contrapartidas da prefeitura: 

- Quadra: finalmente concluída – Contrapartida Smed
- Alarmes no Instituto: nenhuma instalação – Responsabilidade Smed
- Cronograma de limpezas: ainda não é sistemática a limpeza pelo DMLU
- Internet: está solicitada a instalação de 30 mega bites
- Acervo bibliográfico: listagem passada para a Secretaria de Cultura
- Oficinas culturais: escola solicitará no início de 2014
- Vagas de estágio no turismo: em execução
- Segurança no Campus: eventuais patrulhamentos
- Sinalização: colocada - requerem faixa de segurança na João Antonio da Silveira e sinaleira
- Iluminação da área: ainda em projeto – compromisso SMOV
- Transporte: colocação da parada segura – pretendem instalar até março
- Aumento de seis horários da alimentadora: de 15 para 21 horários desde 4 de outubro - ainda há falha de horários e necessidade de ampliação de linhas alternativas
- Vou à escola Ensino Médio – passagem gratuita para os estudantes: inicia em 2014 e tem acesso dos dados na internet para acompanhar os processos.

Veja também: 
Instituto Federal da Restinga reivindica melhoria do transporte público

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Sofia apresenta emendas ao Projeto do Parque do Gasômetro que será votado nesta quinta-feira

Foto Tonico Alvares/CMPA
Proposta de rebaixamento da avenida João Goulart para integrar áreas verdes e realização de concurso público para a elaboração do projeto, são as duas emendas apresentadas pela vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA) ao Projeto de Lei Complementar (PLC) 20/2013, que institui o Parque do Gasômetro

A proposta será votada nesta quinta-feira (19/12) na Câmara Municipal de Porto Alegre. O projeto surgiu após o movimento Ocupa Árvores, gerado no conflito entre o Executivo, associações de moradores, ambientalistas e o Ministério Público sobre os limites da área no entorno da Usina do Gasômetro para a duplicação da avenida Beira-Rio. O projeto prevê como limites do parque as praças Brigadeiro Sampaio, Júlio Mesquita e a área que atualmente é de propriedade da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), entre a rua Washington Luiz e a avenida João Goulart, em frente à Câmara.

Conforme Sofia a primeira emenda de sua autoria solicita a interligação do parque com a orla do Guaíba, através de um rebaixamento da avenida João Goulart. “Esse projeto compensa a perda do debate sobre a duplicação da Beira-Rio e a retirada das árvores do Gasômetro (no entorno da usina). O governo buscou a negociação e está delimitando a área. Mas o que nos falta é a integração entre a orla e as praças. Se isso não for feito agora, que pelo menos haja uma previsão.”

Foto Porto Alegre Tchê
Já na segunda emenda ao projeto, a parlamentar petista institui a realização de concurso público para a elaboração do projeto do Corredor Parque do Gasômetro. Para Sofia a proposta valoriza os arquitetos locais impedindo a dispensa de concorrência como o Executivo Municipal fez, chamando de fora do estado um especialista que não conhece a cidade e muito menos discute com a população.

Antes de protocolar a emenda, Sofia propôs na reunião de Mesa e Lideranças da Casa Legislativa de segunda-feira (16/12), que o projeto fosse retirado de votação para que se realizasse uma audiência pública em fevereiro a fim de que a população pudesse debater e conhecer melhor a proposta. “Fui voto vencido”, diz a parlamentar que contou apenas com o apoio da vereadora Fernanda Melchionna (PSol).

Veja também no Portal do Jornal do Comércio
Projeto do Parque do Gasômetro será votado

Artista de Rua: derrubada emenda que restringia as apresentações

Foto Tonico Alvares/CMPA
Derrubada da emenda ao projeto do Artista de Rua foi uma vitória! A proposta censurava alguns espetáculos. A classe fez o maior barulho no Plenário. Nada como ter projeção de voz. Foi emocionante.” – Sofia Cavedon

Câmara rejeita emenda e conclui votação de projeto que regulamenta arte de rua 

Por 18 votos contrários e oito votos favoráveis foi rejeitada emenda da vereadora Lourdes Sprenger (PMDB) ao projeto de lei do Legislativo nº 200/2013 que regulamenta a apresentação de artistas de rua nos logradouros públicos de Porto Alegre.

A emenda excluía da lei os espetáculos que fizessem apologia ao crime ou violência a animais ou humanos. 

Votado e aprovado na segunda feira (16/12), o projeto foi elaborado pelos vereadores que integram as comissões de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) e de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh).

Acesse aqui os detalhes do projeto aprovado.

Veja também:
Aprovado projeto que permite manifestações de artistas de rua

Fonte: Portal da CMPA.

Pais de alunos da Tio Barnabé protestam contra o descaso com a escola

Foto Marta Resing
Pais de alunos da EMEI Tio Barnabé realizaram na manhã desta quarta-feira (18/12), uma manifestação de protesto na frente da instituição denunciando o descaso do governo municipal para com a comunidade escolar durante o ano de 2013. Localizada no bairro Azenha, a Tio Barnabé tem 127 alunos entre 0 e 6 anos incompletos.

Foto Marta Resing
Conforme os representantes do Conselho Escolar, que mobilizou os pais, além de ter sofrido duas sindicâncias no ano, que desconstituiu a direção, o quadro funcional da escola está incompleto, faltando professores e monitores. Com o agravamento da crise na escola, atingindo até a estrutura física, o Conselho Escolar procurou a Secretaria Municipal de Educação (Smed) em julho, buscando o diálogo a fim de resolver os sérios problemas que se apresentavam. A denúncia também foi levada ao Ministério Público na época.

Chegado dezembro, o Conselho Escolar cansou de esperar e, após realizar uma assembleia geral com os pais, resolveu levar a conhecimento público a precariedade com que a escola infantil está atuando. Entre as denúncias apresentadas, diz a presidente do Conselho Escolar, Daniela Guedes, está o atendimento de 21 bebês por apenas uma monitora.Os representantes do Conselho afirmam que a proporção estabelecida é de, no máximo, seis crianças por adulto.

Foto Katia Marko/Atempa
A Secretaria da Educação de Porto Alegre, através da diretora pedagógica, Eliane Meleti, que recebeu os pais e a vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA), presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, informou que a partir de 2 de janeiro irão chamar os aprovados no concurso, tanto para educação infantil quanto fundamental.

Veja também no Portal da Atempa:
Apoio à manifestação de pais de alunos da EMEI Tio Barnabé

Centro de Referência da Mulher Vânia Araújo Machado em novo endereço

Foto Fattos e Fottos
A população feminina da Capital ganhou um novo espaço de combate à violência. 

Sofia Cavedon, vereadora petista da capital, participou nesta quarta-feira (18/12), da inauguração do novo Centro Estadual de Referência da Mulher Vânia Araújo Machado que foi transferido da Cidade Baixa para o Centro da cidade, na avenida Tuyuti, 10.

Novo centro ampliará atendimento presencial

“Não é só uma oferta de serviços, mas um incentivo à mobilização da sociedade, já que tudo isso só dará certo se a população se conscientizar”, comentou a secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Ariane Leitão. O governador do Estado, Tarso Genro, também esteve presente no ato.

A principal diferença é que houve aumento no espaço físico que possibilitará atendimentos presenciais e assistência integrada no combate à violência, que está em torno de 50, 60 por dia, revelou a Secretária. O prédio, cedido pelo Instituto de Previdência do Estado (IPE), sofreu uma reforma no valor de R$ 178.489,46, pago pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM). A unidade também foi reaparelhada com equipamentos de informática, eletroeletrônicos, ar-condicionado, móveis, um veículo e aparelho de GPS.

O centro acolhe mulheres em situação de violência, realizando uma assistência sistemática, com o apoio de juizados e delegacias especializados no assunto. No local, elas são orientadas por psicólogas, advogadas e assistentes sociais. “Essa entrega é um primeiro passo rumo à Casa da Mulher Brasileira”, afirmou Ariane, referindo-se a um projeto do governo federal que concentrará serviços públicos de segurança, justiça, saúde, assistência social, acolhimento, abrigo e orientação para trabalho, emprego e renda, tudo no mesmo lugar.

O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 18h, pelo Telefone Lilás (0800.541.0803). Trata-se de um serviço de acolhimento através de linhas telefônicas, que podem acarretar atendimentos presenciais e encaminhamentos a abrigos. Até novembro, o serviço atendeu a 3.009 chamadas, contra 879 registradas em 2012 e 1.205 em 2011.

O governador ressaltou a importância em nível estadual desse serviço. “É um orgulho e também comovente termos um espaço assim no Rio Grande do Sul. Isso incentiva que as mulheres não tenham medo de denunciar seus agressores”, destacou Tarso Genro.

Acesse o Portal do Centro Estadual de Referência da Mulher Vânia Araújo Machado 

Fonte: Portal do Jornal do Comércio

Comissão de Educação realiza nova reunião para discutir o transporte público na Restinga

Foto Douglas Storgatto
A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (CECE) da Câmara Municipal de Porto Alegre realiza hoje - quarta-feira (18/12), às 19h, nova reunião para retomar o debate acerca do transporte público para acesso aos órgãos de ensino da Restinga.

A reunião é aberta ao público e ocorrerá na Sala de Reuniões 303 da Câmara, que fica na Avenida Loureiro da Silva, 255, no centro da capital.

Saiba mais: 
Instituto Federal da Restinga reivindica melhoria do transporte público

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Fórum Mundial de Educação - “Pedagogia, Região Metropolitana e Periferias”

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre, presidida por Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital,  divulgou, nesta terça-feira (17/12), o lançamento do Fórum Mundial de Educação “Pedagogia, Região Metropolitana e Periferias”, que ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de janeiro de 2014, na Ulbra, em Canoas. O objetivo do evento, segundo os organizadores, é formar um espaço de mobilidade e participação para canalizar diferentes visões existentes na cidade, e debater questões sociais e educacionais que colaborem com o desenvolvimento e o bem estar da comunidade.

Para o coordenador do FME, Albert Sansano, o evento é um espaço para fomentar o debate sobre educação. De acordo com ele, é de extrema importância vincular a escola ao seu meio. “A comunidade precisa discutir os problemas da cidade e do ensino.” Para Albert, é necessário a criação de um espaço que permita que se aprenda a melhorar a qualidade educativa, a construir uma infraestrutura sustentável digna e um incentivo à cultura que potencialize a participação e o comprometimento das cidades e dos cidadãos com as perspectivas de desenvolvimento.

Foto Tonico Alvares/CMPA
“Nosso objetivo é fazer um amplo debate. Pretendemos fazer um intercâmbio de experiências e um debate político sobre a educação. Precisamos de um ambiente que inclua, nem todas as escolas possuem a qualidade que desejamos, mas podemos aprender e utilizar práticas que reforcem o ambiente pedagógico”, destacou Albert. De acordo com o coordenador, a intenção é formalizar, ao final do fórum, uma carta contendo as ideias de políticas públicas para elaborar um documento contendo o acumulado das boas práticas discutidas.

De acordo com a vereadora Sofia, o Fórum proporciona uma grande troca, e a pretensão da Cece é divulgar e colaborar para as inscrições. “É uma ótima oportunidade para participação, para o encontro com pessoas de diferentes países que estarão debatendo suas experiências como educadores.”

Conforme o representante do governo estadual, Adair Barcelos, o Fórum proporciona um maior debate além de colaborar para novas práticas de incentivo à educação. “Nós temos o compromisso de colaborar com o fórum, este é um momento de participar e contribuir. Os diferentes encontros que o evento proporcionará, com certeza, serão de grande importância para todos.”

Fórum Mundial de Educação é organizado pelo Conselho Internacional do FME em parceria com a prefeitura de Canoas.

As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas pelo site do evento

Fonte: Portal da CMPA.

Comunidade quer manter o Campo do Vasquinho

Foto Francielle Caetano/CMPA
Preocupados com o futuro do Campo do Vasquinho, no bairro Mário Quintana, moradores da região vieram à Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal, nesta terça-feira (16/12), expor aos vereadores o receio que têm quanto à transformação do local em uma praça ou mesmo em algum empreendimento imobiliário.

“O que nós temos lá não é apenas um campo de futebol, mas um projeto social e educacional que tira dezenas de crianças das ruas e as afasta da criminalidade”, afirmou Hélder dos Santos Corrêa, um dos líderes do projeto que atualmente recebe 60 crianças e jovens – muitos dos quais estavam presentes na reunião – em atividades esportivas de contraturno escolar.

Corrêa explica que começaram a aparecer rumores de que a prefeitura queria desfazer o campo para construir uma praça devido à falta de áreas verdes na região. Ele não discordou quanto à necessidade de ampliar os espaços de lazer para os moradores da localidade, mas ponderou que “não adianta fazer algo de bom de um lado e destruir o outro”. Ao conversar com as pessoas da comunidade, os representantes do Vasquinho explicaram a importância do projeto e colheram mais de mil assinaturas solicitando a permanência do campo de futebol 11, em documento entregue à Cece.
Foto Francielle Caetano/CMPA

O supervisor de Praças, Parques e Jardins da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Léo Antônio Bulling, concordou que há, realmente, falta de campos de futebol 11 na cidade. Ele disse que existe um projeto de governo para expandir os espaços verdes na cidade, mas garantiu que o desejo das pessoas será respeitado. “Se a comunidade quiser, o campo fica. Nós sabemos que é preciso preservar estes espaços nobres de esporte e recreação para jovens e crianças”, afirmou Bulling, que apoiou a iniciativa dos moradores. Representantes das secretarias de Urbanismo, Rafael da Silva Larangeira, e de Esportes, José Antônio Brizola, também se dispuseram a colaborar para que o campo seja mantido e, se possível, melhorado.

Melhoria esta que foi, inclusive, arrolada como encaminhamento pela presidente da Cece, vereadora Sofia Cavedon (PT), que irá enviar ao prefeito José Fortunati cópia do abaixo-assinado, bem como solicitar a preservação total do campo, com as dimensões atuais, e a revitalização do espaço. O vereador Tarciso Flecha Negra (PSD) também participou da reunião.

Fonte: Portal da CMPA.

Projeto do Parque do Gasômetro será votado nesta quinta-feira

"Propus uma audiência pública antes de votar o projeto, mas fui voto vencido na reunião de Mesa e Lideranças da Câmara" - Sofia Cavedon

Proposta de rebaixamento da avenida João Goulart para integrar áreas verdes promete polêmica.

Foto Tonico Alvares/CMPA
O Projeto de Lei Complementar (PLC) 20/2013, que institui o Parque do Gasômetro será apreciado nesta quinta-feira (19/12), a partir das 14h, na Câmara Municipal de Porto Alegre.

A proposta chega ao Legislativo dez meses depois do impasse gerado entre o Executivo, associações de moradores, ambientalistas e o Ministério Público sobre os limites da área – em divergência iniciada a partir do corte de árvores do entorno da Usina do Gasômetro para a duplicação da avenida Beira-Rio. O projeto prevê como limites do parque as praças Brigadeiro Sampaio, Júlio Mesquita e a área que atualmente é de propriedade da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), entre a rua Washington Luiz e a avenida João Goulart, em frente à Câmara.

O PLC 20/2013 tem a simpatia de vereadores da situação e oposição. A maior controvérsia entre legisladores deve acontecer durante a apreciação das emendas, que já começaram a ser protocoladas.

Entre elas está a emenda de autoria da vereadora Sofia Cavedon (PT), que deverá gerar polêmica, pois solicita a interligação do parque com a orla do Guaíba, através de um rebaixamento da avenida João Goulart. “Esse projeto compensa a perda do debate sobre a duplicação da Beira-Rio e a retirada das árvores do Gasômetro (no entorno da usina). O governo buscou a negociação e está delimitando a área. Mas o que nos falta é a integração entre a orla e as praças. Se isso não for feito agora, que pelo menos haja uma previsão.”

Foto Cristiane Moreira/CMPA
Antes de protocolar a emenda, Sofia propôs na reunião de Mesa e Lideranças da Casa Legislativa, que o projeto fosse retirado de votação para que se realizasse uma audiência pública em fevereiro a fim de que a população pudesse debater e conhecer melhor a proposta. “Fui voto vencido”, diz a parlamentar que contou apenas com o apoio da vereadora Fernanda Melchionna (PSol).

Leia aqui matéria completa no Portal do Jornal do Comércio desta terça-feira (17/12).

Funcriança – Proposta de Sofia destina recursos para o Fundo

Destinar os recursos não utilizados pela Câmara Municipal no ano de 2013 para o Funcriança (IND 67/13) é a proposta que Sofia Cavedon, vereadora do PT em Porto Alegre, protocolou na tarde desta segunda-feira (16/12) na Casa Legislativa.

Foto Jonathan Heckler/CMPA
Conforme Sofia a Câmara de Vereadores já teve uma experiência exitosa com essa ação, realizada em 2011 quando a parlamentar petista presidia o Legislativo Municipal. Em uma ação pioneira, a Câmara e a Prefeitura de Porto Alegre firmaram um termo de acordo estabelecendo que, da sobra de caixa do orçamento da Casa daquele ano, 1,3 milhão de reais seria depositado nas contas do Funcriança. “Desses, R$ 800 mil foram repassados às entidades por meio de edital elaborado pelo CMDCA, beneficiando milhares de crianças e adolescentes da capital”, enfatiza a vereadora.

Para Sofia as entidades de atendimento infantil prestam um serviço fundamental de garantia dos direitos das crianças e adolescentes, cujo responsável primário é o Poder Público. “Ainda assim, nem todos os programas executados são conveniados, exigindo das entidades esforço redobrado para garantir o atendimento com a qualidade exigida. Com esses recursos garantidos anualmente, conforme a proposta, as instituições conveniadas com a prefeitura poderão prestar melhores serviços”, afirma Sofia.

Veja também: 
29 de dezembro de 2011 
Recursos economizados pela Câmara são repassados ao Funcriança

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Aprovado projeto que permite manifestações de artistas de rua

Foto Elson Sempé Pedroso/CMPA
O plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, nesta segunda-feira (16/12), projeto de lei do Legislativo apresentado pelos vereadores que fazem parte das comissões de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) e de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh). A proposta dispõe sobre a apresentação de artistas de rua em logradouros públicos da Capital permitindo manifestações culturais em espaços abertos tais como praças, anfiteatros, largos e vias.

Foto Marta Resing
Conforme o texto votado, as apresentações de rua deverão ser gratuitas para os espectadores, sendo, contudo, permitido o recebimento de doações espontâneas. Ainda de acordo com o texto, nos locais das manifestações, ficará garantida a livre fluência do trânsito, da passagem e da circulação de pedestres, bem como o acesso a instalações públicas ou privadas. Os artistas poderão utilizar fonte de energia para alimentação de som, mas é vedado patrocínio privado que caracterize as apresentações como um evento de marketing, salvo projetos apoiados por leis municipal, estadual ou federal de incentivo à cultura.

Foto Marta Resing
Sofia Cavedon (PT/PoA), presidente da Comissão de Cultura da Casa, destaca: a arte de rua traz intrínseco em sua manifestação, valores significativos que expressam o combate à alienação e exclusão cultural, valorizando a identidade, afirmando uma estética e valores que promovem a libertação do ser humano, enquanto indivíduo capaz de transformar a sua realidade, tomando por princípio a solidariedade e a cidadania.

Foto Marta Resing
Segundo vereadores da Cece e da Cedecondh que assinaram o projeto, a proposta também "é de extrema importância para acabar com as proibições e deixar claro o direito e a responsabilidade do artista de rua para com sua cidade e sua população. Também é um reconhecimento desta arte profissional pela municipalidade como um todo.

Porto Alegre é referência nacional de teatro de rua e do artista de rua, portanto é fundamental o reconhecimento desta arte pública de performance, onde o artista encontra-se presente com o público nas ruas, praças e parques.”

Fonte: Portal da CMPA.

Acesse aqui o projeto aprovado.

DMAE - Servente de laboratório agora é Agente de Saneamento

Imagem web
Agente de Saneamento. Essa é a designação que a partir da emenda aprovada nesta segunda-feira (16/12), de autoria de Sofia Cavedon, vereadora do PT na capital, que os detentores de cargo de servente de laboratório do Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE) passarão a ser denominados.

A emenda da parlamentar foi ao projeto de lei do executivo municipal - PLE 51/13 – que criou 50 cargos de provimento efetivo de Agente de Saneamento no órgão.

Sofia destaca ainda que a emenda garante a isonomia de proventos dos servidores, passando da categoria três para a quatro.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Agenda de Sofia Cavedon - Destaques da semana

Segunda-feira - 16/12 
09:30 -Reunião de Mesa e Lideranças CMPA
14:00 - Assembleia dos Municipários de PoA (Simpa) - No Centro de Eventos Harmonia
14:00 - Sessão Plenária - Votação projeto Artista de Rua - Saiba mais...
19:00 - Jantar de Confraternização Amigos dep. fed. Ronaldo Zulke - Troca de livros e discos - Na Casa do Gaúcho

Terça-feira - 17/12 
09:00 - Inauguração Centro Referência da Mulher Vânia Araújo (Travessa Tuyuti, 4 - esquina André da Rocha)
09:30 - Reunião de Bancada
11:00 - Reunião no IPE com representantes de cidades da Serra
14:30 - Lançamento Fórum Mundial de Educação na Cece - Saiba mais... 
18:30 - Reunião Setorial da Cultura do PT/RS - Na Sede do PT Municipal (Av. João Pessoa, 785)

Quarta-feira - 18/12
08:00 - EMEI Tio Barnabé
14:00 - Sessão Plenária
19:00 -  Audiência Pública IFRS Restinga - Promovida pela Comissão de Educação da CMPA - Na Câmara Municipal (Av. Loureiro da Silva, 255)
20:00 - Aniversário Zorávia Bettiol

Quinta-feira - 19/12 
10:00 - CPI da Ocupação
14:00 - Sessão Plenária
19:00 - Plenária Dep. Fed. Elvino Bohn Gass - No Sindicato dos Bancários de Porto Alegre

Sexta-feira - 20/12 
19:00 - Assembleia Geral dos Rodoviários no Ginásio Tesourinha - Avenida Érico Veríssimo, Menino Deus 

Sábado - 21/12 
Visita a Feira de Natal da Economia Solidária em Imbé - À confirmar

Veja aqui a agenda completa.

Projeto que permite apresentação dos Artistas de Rua será votado nesta segunda-feira

Foto Sofia Cavedon
Projeto que permite aos artistas de rua as manifestações culturais no espaço público aberto, tais como praças, anfiteatros, largos e vias, será votado nesta segunda-feira (16/12), a partir das 14h, na Câmara Municipal de Porto Alegre.

A proposta é fruto da discussão da sociedade civil organizada através de um grupo de estudos formado por representantes do executivo (Smam, Smic e SMC/ Coordenação da Descentralização da Cultura), do poder legislativo, através da Comissão de Educação, Cultura e Esportes (Cece) da Comissão da Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh), Sated/RS e Artistas de Rua.

Conforme Sofia Cavedon, vereadora do PT e presidente da Comissão de Cultura, “o projeto de lei é de extrema importância para acabar com proibições e deixar claro o direito e a responsabilidade do artista de rua com sua cidade e sua população. Também é um reconhecimento desta arte profissional pela municipalidade como um todo”. 

Além de humanizar a cidade, esta atividade traz consigo o mais puro significado de arte democrática e pública que se faz e se produz para todos, sem distinção de classe ou nenhuma outra forma de discriminação, salientam os artistas, enfatizando que: o artista de rua tem como característica a sua mobilidade, beleza plástica e virtuosismo, portanto, afirma-se a potencialidade desta arte em atingir esta população com pouco ou nenhum acesso à arte comercializada.

Conheça aqui o projeto.

sábado, 14 de dezembro de 2013

Fórum Mundial de Educação 2014 – Lançamento em Porto Alegre será nesta terça-feira

A Comissão de Educação Cultura Esporte e Juventude (Cece), da Câmara Municipal de Porto Alegre, presidida por Sofia Cavedon, vereadora do PT, promove nesta terça-feira (17/12), às 14h30min, o lançamento do Fórum Mundial de Educação 2014, que ocorrerá em 21, 22, 23 de janeiro, em Canoas.

O evento será na sala 303 do Legislativo Municipal (Av. Loureiro da Silva, 255, Centro Histórico da capital).

Saiba mais no Portal do FME/2014.

Quatro exposições na Galeria Espaço IAB

Foto IAB RS-Kin Viana
O Instituto de Arquitetos do Brasil do RS, promove a realização de quatro exposições, selecionadas em edital, que integram o último ciclo de artes visuais da Galeria Espaço IAB em 2013 (Rua Gal. Canabarro, 363 Centro Histórico).

A abertura será realizada nesta quarta-feira (18/12), a partir das 19h, permanecendo com visitação até o dia 24 de janeiro de 2014, das 14 às 20h.

Para saber mais sobre as exposições e o histórico da galeria acesse aqui.

Mais informações, acesse aqui. 

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Setorial de Cultura do PT-RS reúne-se nesta terça-feira

Convidamos a todos(as) PTistas militantes da Cultura para reunião da Setorial de Cultura do PT-RS nesta terça-feira (17/12), às 18h30min, no Auditório do PT de Porto Alegre (Av. João Pessoa, 785).

Pautas: 
- Informes: 3ª Conferência Nacional de Cultura, 5º Congresso do PT
- Balanço do Programa de Governo da campanha 2010.
- Carta Compromisso aos gaúchos e gaúchas.

Quem não puder comparecer, mas tem interesse nos temas debatidos e quiser participar, pode fazer contato por mensagem na página do Facebook ou através do e-mail cultura.ptrs@gmail.com.

Esperamos todos/as lá!

Saudações PTistas e Culturais!

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

5º Congresso Nacional do PT

Sofia Cavedon e Raul Pont, ambos da Democracia Socialista (DS) - corrente interna do Partido dos Trabalhadores (PT) - participaram do 5º Congresso do Partido, realizado em Brasília.

Manifesto da Mensagem ao Partido no Quinto Congresso do PT 

Mudar o PT para liderar a revolução democrática 

Outros junhos virão! Outros junhos devem vir: com a pressão dos movimentos sociais e dos jovens nas ruas, com uma nova jornada de lutas dos trabalhadores e do povo brasileiro, o Brasil poderá aprofundar as mudanças históricas iniciadas nos governos Lula e continuadas no governo da presidenta Dilma Roussef

Clique aqui para ler a íntegra do Manifesto!
Foto Divulgação PT

Conheça quem representa a Mensagem ao Partido no novo Diretório Nacional do PT 

A Mensagem ao Partido é a única chapa que ampliou sua participação na Executiva Nacional, passando de 3 para 4 membros. No Diretório Nacional, ampliou de 13 para 17 membros.

Clique aqui para conhecer os representantes da Mensagem no Diretório Nacional.

Foto Divulgação PT
Veja também:

No 5º Congresso: ‘Problema é de classe social’, diz Lula sobre ataques ao PT, ao governo e à economia

Vem pro Samba!

Momentos do encontro cultural "Vem pro Samba!" promovido pra celebrar os 13 anos de mandato popular de Sofia Cavedon, vereadora do PT de Porto Alegre.

Com a Banda Sambra pra Geral e Pha Flores, o encontro, que teve o apoio da produtora Fênix Cultural, foi no Boteco Tchê (José do Patrocínio, 885 - Cidade Baixa).

Vem pro Samba!Vem pro samba!Vem pro samba!Vem pro samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!
Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!
Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!
Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!Vem pro Samba!
Vem pro Samba!, um álbum no Flickr.