terça-feira, 29 de julho de 2008

Jantar 30 Anos do Jornal Em Tempo

Inscrições para Escola de Gestores até dia 30

As inscrições para o Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica encerram-se no próximo dia 30.

Objetivo Geral do Programa é formar gestores escolares das escolas públicas da Educação Básica em cursos de especialização e de atualização em Gestão Escolar, na perspectiva da gestão demogrática e da efetivação do direito à educação escolar com qualidade social.

Saiba mais...

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Inscrições para agente comunitário de saúde até amanhã

Esta terça-feira, 22, é o último dia de inscrições para 83 vagas de agente comunitário de saúde de Porto Alegre. Interessados devem preencher o formulário eletrônico na Internet, no site da prefeitura - Acesse aqui.

Saiba mais...

domingo, 13 de julho de 2008

Educadoras Populares renovam convênio com Universidade

Mais uma conquista das educadoras populares de Porto Alegre que continuarão a estudar na Rede Metodista de Educação do Sul/IPA. Em reunião na última sexta-feira (11) com a pró-reitora de Extensão e de Ação Comunitária da Rede, Vera Elaine Marques Maciel, a Aeppa (Associação dos Educadores Populares de Porto Alegre) junto com Sofia, presidenta da Comissão de Educação da Câmara (Cece), garantiram a continuidade do convênio que permite o ingresso de novos educadores populares na instituição.

Estudam na Metodista do Sul/IPA 26 alunas, sendo que 17 formaram-se neste final de semana. A reposição das vagas ocorrerá em março de 2009.

Conforme informa Sofia, a Universidade pretende ainda constituir um encontro de estudantes educadores populares, bem como apresentou a proposta de forma um núcleo de Educação Popular no IPA.

Saiba mais...

sábado, 5 de julho de 2008

Lançada campanha contra regulamentação da Educação Física

Estudantes, professores e profissionais da Educação Física lançaram na manhã desta sexta-feira (4/7), a Campanha Nacional contra a Regulamentação da Profissão de Educação Física. A oficialização foi feita em reunião da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) no Plenário Ana Terra da Câmara Municipal.

De acordo com Guilherme Gil da Silva, representante do Movimento Nacional Contra a Regulamentação do Profissional de Educação Física (MNCR), a lei que dispõe sobre a profissão é uma tentativa de garantir a reserva de mercado dos professores da área e excluir trabalhadores especializados em práticas como a yoga, as artes marciais e a dança.

Sofia, presidente da Cece, apóia o Movimento e disse que uma educação plena só pode ser atingida com a integração de todos os saberes. “Uma sociedade que fragmenta o conhecimento ignora a formação humanística dos cidadãos”, defendeu ao argumentar também que a segmentação das áreas profissionais restringe a atuação dos trabalhadores.

Saiba mais...

Educadores populares pedem reabertura de curso da Uergs

Representantes da Associação de Educadores Populares de Porto Alegre (Aeppa) estiveram, na quinta-feira, na Câmara Municipal para pedir a retomada do curso de Pedagogia de Educação Popular da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), fechado desde o ano passado. A reivindicação foi feita em sessão extraordinária promovida pela Comissão de Educação, Cultura e Esportes (Cece) no Plenário Otávio Rocha.

Sofia disse que os educadores lutam por formação de qualidade oferecida pelo poder público e não podem abrir mão de uma grande conquista como o curso da Uergs. "Não podemos baixar a guarda; temos de pensar estratégias para atingir esse objetivo", declarou.

Segundo Sofia, se a Secretaria Municipal de Educação (Smed) tivesse vontade política poderia contribuir para a volta do curso da Uergs, já que a formação dos educadores populares qualificaria o ensino na rede municipal. "Poderíamos estar com uma nova turma na faculdade este ano", declarou.

Além da proposta do abaixo-assinado, surgiu a idéia de buscar maior mobilização entre os alunos dos cursos de formação das escolas Emílio Meyer e Liberato Salzano. Também ficou acertado que os educadores populares irão se concentrar, na próxima sexta-feira (11/7), na Câmara Municipal, de onde sairão em uma caminhada até a Uergs e a prefeitura.

Saiba mais...

Cooperativadas da Meta reivindicam direitos

A Comissão de Educação da Câmara de Vereadores (Cece) realizou nova reunião, apesar da ausência dos representantes da direção da Meta e da Smed (Secretaria Municipal de Educação). As cooperativadas mantiveram o encontro, pois exigem medidas para que as inúmeras irregularidades contratuais que estão vivenciando sejam solucionadas.

Sofia, presidenta da Cece, está inconformada com o tratamento dado a essas trabalhadoras, que atuam na cozinha e na limpeza das escolas da rede municipal, e têm seus direitos trabalhistas constantemente violados. “Temos um serviço público sendo realizado, com a conveniência da Prefeitura, em regime de trabalho escravo ou completamente sem proteção”, ressaltou.

Saiba mais...

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Lançamento da Campanha Contra a Regulamentação da Educação Física

Amanhã, 4, às 9h30min, no plenário Ana Terra da Câmara Municipal de Porto Alegre (Av. Loureiro da Silva,m 255) acontecerá o Lançamento da Campanha Contra a Regulamentação da Educação Física. O ato será na audiência da Comissão de Educação, Esporte, Cultura e Juventude (Cece) da Casa Legislativa e contará com a presença do Conselho Nacional de Estudantes de Educação Física e da Coordenação Regional da Campanha.

Informa Sofia, presidenta da Comissão, que o Movimento Nacional Contra a Regulamentação da Educação Física (MNCR) foi deflagrado em 99, como instrumento de luta pela revogação da Lei 9696/98 , que regulamentou a profissão e criou o sistema Confef/Crefs, medidas questionadas pela categoria. Amanhã a regulamentação será discutida.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Audiência Pública Pedagogia da Uergs

Amanhã, quinta-feira, 03, às 19h, a Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre realiza a Audiência Pública que trará da reabertura do curso de Pedagogia da Uergs.

Para Sofia, presidenta da Cece, esse é mais um momento importante para os educadores populares da cidade, que desde o fechamento das portas da Uergs para a Pedagogia com ênfase em Educação Popular, lutam para ampliar os seus conhecimentos, abrindo novas frentes como o curso na PUC e intensificando as tratativas para a sua implementação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).

Inúmeras reuniões, audiências e manifestações já foram realizadas na tentativa de reabrir o curso da Uergs, mas a proposta continua engavetada pelos governos municipal e estadual.

Convidados para participar do debate a Reitoria da Universidade e a Smed. O encontro será no Plenário Ana Terra da Câmara de Vereadores (Av. Loureiro da Silva, 255).

terça-feira, 1 de julho de 2008

Funcionários da Meta retornam a Cece nesta quarta

Os funcionários da Cooperativa Meta, que participaram da reunião na Comissão de Educação (Cece) realizada no último dia 19, retornarão amanhã, quarta-feira (02/Julho), para novo encontro na Câmara de Vereadores (Av. Loureiro da Silva, 255). A reunião da Cece, que iniciará às 18h no plenário Ana Terra.

Em reunião na Comissão de Educação, em 19 de junho, as cooperativadas levantaram inúmeras questões e exigem resposta da META e da SMED.

Saiba mais....


Cece discute problemas da escola Mariz e Barros

Após constatar que falta de segurança e precariedade das estruturas são os principais problemas enfrentados pela Escola Estadual Mariz e Barros, onde estudam cerca de 1.700 alunos dos ensinos Fundamental e Médio, a Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre realizou reunião, na manhã desta terça-feira (1/7), para tratar dos temas.

A diretora da escola, Andréa Brum, lembrou que, de janeiro a março deste ano, a Mariz e Barros foi assaltada seis vezes. “A situação está cada vez mais complicada. Além disso, só recebemos 70% dos recursos para manutenção, sendo que em janeiro e fevereiro apenas 50%”, lamentou.

Como sugestão acolhida por Sofia, presidenta da Cece, o grupo que estava reunido no Plenário Otávio Rocha da Casa se deslocou para a Secretaria Estadual da Educação (SEC), para discutir a situação da escola. Na reunião a SEC comprometeu-se de realizar uma vistoria geral na Escola a fim de levantar as obras necessárias.

Saiba mais....

Ciclo de Debates Inclusão Escolar: Atendimento escolar especial foi o primeiro tema debatido

O primeiro dos cinco encontros do Ciclo de Debates Inclusão Escolar: Práticas e Teorias, promovido pela Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre e o Fórum pela Inclusão Escolar, iniciou nesta segunda-feira (30/6). O evento também é promovido por representantes das escolas especiais do município, da Sala de Integração e Recursos (SIR) e da Associação dos Trabalhadores em Educação do Município de Porto Alegre (Atempa). O ciclo encerra-se em novembro.

Os debates desta segunda-feira foram coordenados por Sofia, presidenta da Cece, que destacou que o MEC faz a critica a padronização da educação, porém tensiona com textos externos esta padronização de qualidade. Portanto, ressaltou ela, o Fórum de Inclusão escolheu a estratégia certa que é fazer o debate com todas as escolas, comuns e especiais, públicas e privadas, pois o desafio para a plena inclusão é mexer nas suas estruturas excludentes.

Saiba mais...